Publicado por: Blog do Trio | 27/11/2012

Mais um ano..

Caros Amigos Palestrinos

Findo mais um ano, muito pouco há a comemorar. Os mais otimistas certamente dirão que ganhamos a Copa do Brasil e, por via de conseqüência, conseguimos nossa classificação à Libertadores.

Sim, é fato. Realmente obtivemos tais conquistas, que não seriam pequenas, não fosse a preocupante situação reinante no clube.

O problema é que nossas perspectivas, novamente, são, no mínimo, sombrias.

Em primeiro lugar teremos que enfrentar, de novo, a vergonha de termos que disputar a Série B, com todos os prejuízos – não só econômicos – daí decorrentes e que já foram experimentados no passado.

Não bastasse a redução nas cotas de patrocínio e a dificuldade de obtenção de novas, há o prejuízo moral – este irreparável – e o prejuízo técnico, visto que jogadores mais qualificados se recusam a disputar a Série B somente restando disponíveis no mercado aqueles em final de carreira ou de menor quilate técnico.

Tão grave quanto é a aflitiva situação econômica em que o clube se encontra e que, segundo o noticiário especializado, vem sobrevivendo às custas do adiantamento de suas cotas de patrocínio da televisão, expediente que, se revolve e adia a eclosão dos problemas mais imediatos, por outro lado, compromete a realização de qualquer planejamento a médio e longo prazos.

Dentro de tal quadro cremos que a melhor estratégia, para não dizermos, a única, que restou ao clube será a formação de um time com o aproveitamento de valores da base – o que nunca foi feito de forma séria e competente – e a manutenção de alguns poucos jogadores do elenco atual – em especial, Barcos, Henrique, Wesley e Marcos Assunção, se tiver condições físicas – além da contratação de alguns jogadores, experientes, na medida em que nossos recursos econômicos o permitam.

Os melhores times já formados no Brasil – e servem de exemplo nossas Academias e o time da Parlamat – sempre foram resultado da mescla entre jogadores jovens e alguns experientes que deverão servir de condutores .

Assim, já a partir do jogo de amanhã, esperamos que valores como Alemão, Wellington, Dibal e outros tenham oportunidade, igualmente às concedidas a João Denoni e Patric Vieira, a fim de que possam mostrar seu potencial e se realmente reúnem condições de integrar o elenco palmeirense para o ano vindouro.

Superada esta fase deveremos partir, o quanto antes, para as contratações que se mostrarem necessárias e viáveis de modo a que possamos utilizar o Campeonato Paulista como preparação para os torneios mais importantes do ano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: