Publicado por: Blog do Trio | 02/05/2011

Rumo à Final!

PALMEIRAS 1 (5) x (6) 1 CORINTHIANS

Crédito: Tom Dib / Lancepress

Nação Corinthiana,

O Timão se sagrou como finalista do Paulistão 2011.

Mas quase deixou a classificação escapar, ao sofrer para empatar uma partida contra um rival que se apresentava com um jogador a menos.

O clima do jogo deste domingo já começou quente, fruto de uma desnecessária pressão lançada ao árbitro Paulo César de Oliveira pela diretoria palmeirense.

Tal situação se refletiu no campo, com a equipe alviverde se apresentando visivelmente nervosa, abusando de faltas grosseiras.

Kleber, por exemplo, recebeu um cartão amarelo logo no início da partida e poderia muito bem ter sido expulso por suas entradas violentas.

Entretanto, quem tomou o rumo do chuveiro mais cedo foi Danilo, que avançou de maneira atabalhoada sobre Liedson, desfalcando a equipe mandante.

Até aquele momento, o Palmeiras jogava melhor, enquanto o Timão se mostrava completamente perdido no gramado. A equipe alvinegra não conseguia sequer realizar uma finalização e não conseguiu aproveitar o espaço vazio deixado no campo adversário.

Não obstante, o Timão não teve capacidade de se mostrar superior após a substituição de Valdívia – lesionado após tentar fazer mais uma de suas “gracinhas” -, nem depois da expulsão do encrenqueiro Felipão.

Acompanhei muita gente reclamando da postura do árbitro, mas não creio que tenha errado da forma como reclamam os palmeirenses. Afinal, se Ralf deveria ter sido expulso por agredir Kleber, como alegam, o próprio Gladiador, bem como Deola, também deveria ter sido retirado de campo pelo juiz.

Se a primeira etapa se manteve equilibrada, o Timão sucumbiu à pressão palmeirense no segundo tempo.

Além de mostrar facilidade para chegar à área corinthiana, o alviverde apostava nas bolas paradas com Marcos Assunção, que traziam dores de cabeça ao goleiro Júlio César. E foi numa cobrança de falta que Leandro Amaro desviou a bola de cabeça, abrindo o placar aos 7 minutos.

O gol sofrido deixou a situação do Corinthians ainda mais complicada.

Sem saber muito o que fazer, Tite colocou Willian no lugar do inoperante Dentinho e, felizmente, deu certo. O atacante marcou o chorado gol de empate aos 18 minutos, após cobrança de escanteio.

A igualdade voltou ao placar, mas o Palmeiras parecia mais perto do gol de desempate, pressionando incessantemente a área corinthiana.

Mas, se Júlio César não fez uma boa partida durante os 90 minutos regulares, conseguiu se redimir ao garantir a classificação do Timão na disputa de pênaltis, defendendo cobrança de João Vitor.

Com a classificação garantida, resta apenas uma certeza: o Corinthians terá muito trabalho nesta semana para corrigir os erros antes de enfrentar o Santos, no fim de semana que vem.

Tivemos um domingo tenso. O que dizer dos próximos, então?

Até lá, vamos curtir um pouco a vitória de hoje!

fabiosallum.blogdotrio@gmail.com

http://twitter.com/FabioSallum

http://www.formspring.me/FabioSallum

Anúncios

Responses

  1. Para o azar de Felipão ele não estava no país na final da Copa do Brasil de 2009 em POA, e nem deve ter acompanhado com atenção os acontecimentos daquela noite entre Timão e Inter. Mas deveria ter visto e sabido que graças a uma campanha pré-jogo contra a arbitragem o Inter entrou em campo tão nervoso quanto ele o fez com o seu Palmeiras ontem.
    Nos dois casos resultados idênticos, a derrota (ambos os jogos terminaram empatados mas o Corinthians levou as duas vezes).
    Quando voltou ao Palmeiras, Felipão reclamou bastante de como o São Paulo manipulava a arbitragem, tentou fazer o mesmo e se lascou, não teve um décimo da sutileza dos leonorinos.
    Bem feito, pilhou torcida, diretoria e jogadores e se estivessem com os nervos no lugar, provavelmente teriam ganho com folga. O Timão fez um dos seus piores jogos desde o rebaixamento.

    Fábio Sallum: David, muito boa a comparação que você realizou entre situações tão parecidas.

    Até o momento, o Felipão não soube dar retorno à expectativa gerada pelo seu trabalho.

    Abraços!

  2. Perfeito. O árbitro foi bem. Mas parece que os palmeirenses e parte da imprensa assistiram a outro jogo.

    Enfim, tô torcendo pra ter entrevista do Andrés essa semana…

    Fábio Sallum: Blefe, eu também tive a mesma impressão.

    Vamos ver qual vai ser a polêmica da próxima semana.

    Abraços!

  3. É Fabio, só uma mudança radical para esse título ser nosso. Que jogo mais horrível!
    Alessandro e Jorge Henrique há muito tempo devendo demais. Dentinho só apareceu no momento da substituição. Não chegou uma bola pro Liédson. Bruno Cesar não tem como cobrar pois está fazendo horas extras (apesar de boas cobranças de faltas e escanteios).
    EU NÃO AGUENTO MAIS O CHICÃO LANÇANDO BOLA PARA A ZAGA AFASTAR!!! o tempo todo isso. Talvez a justificativa seria a falta de meias para distribuir a bola.

    O time perdido e o presidente garantindo o treinador no brasileiro! Ai meu Deus!
    O pior que não estarei em SP no primeiro jogo.
    Vamos que Vamos!

    Resta agora a porcada ficar chutando o vento, tomando cuidado para não fazer papelão!
    Abraço

    Fábio Sallum: Ontem o futebol do Corinthians era medonho!

    Ao meu ver, o Tite tem se mostrado um treinador fraquíssimo, que não consegue dar padrão de jogo a esta equipe.

    Que São Jorge nos ilumine nessas finais!

    Abraços!

  4. Fábião, se camisa não ganha jogo com certeza ganha vaga… pq ontem, a camisa foi q buscou a classificação… jogo muito ruim de todos, menos do Wiliam ao meu ver q não pode ficar no banco com o Dentinho e o J.H fazendo essas apresentações ridículas…. o Tite conseguiu evitar uma vitória nossa tirando o Bruno Bocão q apesar de não acertar o gol era o únco q tentava algo…
    haja milagre de São Jorge pra ser campeão hein…
    agora, uma coisa é certa, os outros estão ruim hein… pra chegarmos na final com um time medonho desse é muita ruindade alheia..kkk
    abraços
    Vai Corinthians!!!!!!!!

    Fábio Sallum: Wagnão, pena que a camisa sozinha não ganha campeonato, né?

    Eu entendo que Jorge Henrique e Dentinho estão sendo prejudicados pelo esquema de Tite, mas agora o Willian parece ser uma opção razoável nestas finais.

    O Bruno César e o Liedson mal conseguiram receber a bola com qualidade, o que anulou nosso poder ofensivo.

    É melhor começarmos a acender muitas velas para nosso santo guerreiro.

    E torcer por uma contusão em massa da equipe santista no México!

    Abraços!

  5. Fábião, me parece pouco inteligente por parte da diretoria do Timão a divisão de renda dos 2 jogos das finais… pra q dividir? cada um ficar com a renda do seu mando seria o mais sensato num é não?
    abraços

    Fábio Sallum: Concordo com você, Wagnão.

    Pior, o Timão vai perder dinheiro, pois os ingressos do jogo no Pacaembu serão mais caros que os do jogo na Vila!

    Abraços!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: