Publicado por: Blog do Trio | 13/10/2010

Quando a política interfere no futebol..

Amigos do Trio,

O mundo inteiro acompanhou atônito as atitudes da torcida da Sérvia na tarde de ontem.

Itália e Sérvia deveriam se enfrentar no estádio Luigi Ferraris, em Gênova, pelas eliminatórias da Euro 2012.

Apenas deveríam, pois aos 6 minutos a partida foi interrompida por falta de segurança.

 

 

Torcedores da Sérvia protagonizaram cenas de selvageria, atirando fogos de artifício e sinalizadores contra o gramado e a torcida Italiana.

 

Fonte: AFP

 

A imagem do torcedor com aquela toca ninja sentado no alambrado, cortando a rede que impedia o arremesso de objetos no campo rodou e impressionou o mundo.

 

 

Tratava-se de Ivan Bogdanov, líder de uma torcida chamada “Tigres de Arkán”. São conhecidos na Europa por “ultras“.

Bogdanov só foi preso pelas autoridades graças às suas tatuagens. Aliás, vê-se que inteligência de fato não é o seu forte. Cobre o rosto e deixa aquele monte de tatuagem à mostra. E depois os Lusitanos é que levam a fama!

 

Bogdanov é detido pelas autoridades Italianas

 

Mas o que parecia ser um mero ato de vandalismo ligado ao futebol, ganhou contornos políticos.

A Sérvia, principal país resultante da divisão da antiga Iugoslávia, negocia sua entrada na União Européia. Entretanto, o ingresso sofre resistência dentro do próprio país, principalmente de grupos de extrema direita, eis que entrando para o bloco, o país teria que adotar regras rígidas em relação a temas como racismo, tráfico de drogas, etc.

Segundo a imprensa local, o grupo seria, inclusive, financiado por um poderoso narcotraficante chamado Darko Saric.

E este seria o motivo que levou os cerca de 300 ultras Sérvios a protagonizarem toda a barbárie de Gênova.

 

Objetos apreendidos com os Sérvios. Fonte: EFE

Faz todo sentido.

Primeiro pois não existe nenhuma grande rivalidade entre Italianos e Sérvios.

Segundo, pois de fato tais atitudes fazem a União Européia repensar o ingresso dos Sérvios no bloco.

Contudo, quem perde com tudo isso é o próprio futebol. A boa seleção da Sérvia deve levar uma pesada punição da UEFA, correndo o risco, até, de ser eliminada desta e de futuras competições.

Mas a Itália também tem sua dose de culpa no episódio. Claro, nada justifica o que foi feito, mas é um absurdo se permitir que torcedores entrem em um estádio de futebol com alicates e aquela quanidade toda de fogos de artifício e sinalizadores.

Infelizmente, o que deveria ser apenas um jogo de futebol, ganha contornos políticos, e quem perde é o próprio esporte.

Agora, imaginem só se isso acontece aqui na América do Sul. Seríamos chamados de “macacos selvagens” para baixo.

Mas, como é na organizada e quase perfeita Europa, é capaz de classificarem o episódio como uma mera “manifestação política”!

Aurélio Camargo

aurelio.camargo@blogdotrio.com.br

Siga-me no Twitter: http://twitter.com/aureliocamargo

 

Anúncios

Responses

  1. Ui, quantos músculos e tatuagens……. Será q ele não vai subir no alambrado do pacaembu tb??

  2. O cara não parece muito preocupado com a prisão. Serã que a justiça lá vai agir como age no Brasil?

  3. Cara, parabéns pelo trabalho…… Não se limitou a falar o que todos falam! Vc é diferenciado.
    Parabéns.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: