Publicado por: Blog do Trio | 22/09/2010

Caso Neymar – Vencedores e perdedores!

Amigos do Trio,

Impossível não falar do assunto do dia.

A demissão de Dorival Jr., em razão da queda de braços travada com o atacante Neymar, o novo Imperador do reino chamado Santos Futebol Clube.

Inicio minha análise com um grande saldo de toda essa história.

Tivemos um vencedor e dois perdedores!

O vencedor, claro, é o próprio Dorival Jr.

Parabéns Dorival! Parabéns por não se curvar à no mínimo, para não falar coisa pior, falta de educação de um moleque mimado.

O técnico sai do Santos, antes de tudo, consagrado como um dos grandes nomes do futebol brasileiro à beira do campo. E sai com a imagem de uma pessoa de caráter, um treinador, que, antes de tudo, impõe respeito.

Imagem semelhante à de Vanderley Luxemburgo, Felipão e Muricy Ramalho, nomes que dispensam comentários quando se fala em treinador.

Tenho certeza que, seja onde for (claro, espero que no SPFC!), ele dará sequencia a uma brilhante carreira!

Derrotados saem a instituição Santos Futebol Clube e o futebol brasileiro.

Inicialmente o Santos, pois infelizmente vê-se que a instituição se curvou a um jogador.

Se nem Pelé está acima do Santos, quem dirá um projeto de craque como Neymar!

É triste ver a diretoria do pres. Luis Álvaro, que tinha tudo para mostrar ao futebol Brasileiro uma nova forma de administração, cometendo um erro desses.

Ora, e como será no futuro? Quando Neymar não quiser mais um treinador, basta xingá-lo à beira do campo?

Ou seja, segundo a ótica da diretoria, Neymar deve continuar sendo o batedor de pênaltis (motivo que iniciou a discussão com Dorival), mesmo não se desvinculando da sua ridícula e patética paradinha.

Isso sem falar no problema que se criou no elenco.

Além de Dorival, Neymar xingou também o capitão Edu Dracena.

Não pensem que os mais experientes tolerarão suas atitudes.

Além do que, agora o Santos ficou com o problema de correr atrás de um novo treinador.

Nós, São Paulinos, sabemos bem como é isso.

Nomes de peso, todos contratados, com multas altíssimas.

Vão colocar um jovem? Um treinador inexperiente?

Que tal Ricardo Gomes?!

Por fim, coloco como perdedor, também o futebol brasileiro.

Neymar não é craque.

É um projeto de craque.

Que poderia se tornar um grande jogador, ou se perder.

Seu futebol sinalizava para se tornar um grande jogador. Mas suas atitudes, para se perder.

Para estourar, o primeiro teria que se impor sobre o segundo.

Pois, tendo vencido a queda de braço sobre Dorival, não pensem que Neymar mudará suas atitudes. Pelo contrário, apenas se sentirá, cada vez mais, o dono da Vila Belmiro.

Dizem que por lá Neymar faz o que quer na vila. Não respeita funcionários, ouve música alta na concentração, etc.

Enfim, coisas de um moleque mimado, acostumado a fazer o que quer e ter todos passando a mão na sua cabeça.

Infelizmente, terá que arcar com as conseqüências que a vida lhe imporá.

Aurélio Camargo

aurelio.camargo@blogdotrio.com.br

Siga-me no Twitter: http://twitter.com/aureliocamargo

 

Anúncios

Responses

  1. olá, andei meio sumido dos comentários..

    belo post!! mas é claro q como corinthiano não espero o Dorival no seu time não..rs

    e duro q a diretoria do Santos não assume a própria fraqueza e tenta vender a história que o Dorival tava com a cabeça no São Paulo..

    Fala Fernando!
    História, essa, que não tem nem pé nem cabeça!
    Abraços,
    Aurélio


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: