Publicado por: Blog do Trio | 09/09/2010

Era pra ser 0 a 0!

ATLÉTICO/PR 1 X 1 CORINTHIANS

Felipe Gabriel/Lancepress

Nação Corinthiana,

O Timão continua a jogar mal fora de casa. Após uma bela goleada sobre o Goiás no último sábado, o Corinthians foi até a Arena da Baixada encarar o rubro-negro paranaense.

A fim de encaixar Ronaldo numa equipe que aprendeu a jogar bem sem ele, Adilson Batista levou a campo uma formação medrosa, na qual os jogadores não pareciam saber quais suas respectivas funções.

Mesmo desorganizado, o Corinthians não deixou o Atlético Paranaense dominar a partida, que tinha apenas o velho Paulo Baier de guerra atuando de forma mais incisiva.

Como resultado, tivemos uma partida bastante aberta, mas de pouquíssima qualidade técnica. Ronaldo apresentou sensível melhora, mas ainda está muito aquém de sua capacidade. Elias e Bruno César também não se entendiam em campo.

A principal chance de gol surgiu aos 10 minutos, quando Ronaldo recebeu lançamento de Jorge Henrique e tocou na saída do goleiro Neto, que salvou a bola no susto.

Coube então ao árbitro Jailson Freitas assinalar um pênalti para o Corinthians em um lance extremamente discutível: O camisa 9 tentou cruzar a bola e acertou a perna de Wagner Diniz. A bola resvalou no braço do lateral paranaense, que estava dentro da área.

O próprio Ronaldo bateu e marcou seu segundo gol no Brasileirão – coincidentemente, o primeiro também foi de pênalti, também contra o Atlético/PR.

No segundo tempo, Iarley entrou no lugar de Ronaldo. Mas quem esperava uma postura igual à do jogo de sábado teve que se contentar com um mais do mesmo. Para piorar, Roberto Carlos se machucou e deu lugar a Paulinho (?).

Cabia ao Corinthians tentar aumentar o placar antes que a lei da compensação do árbitro – já ciente de seu equívoco no primeiro tempo – entrasse em vigor.

E, aos 22 minutos, aconteceu o que todo mundo esperava: Wagner Diniz desabou dentro da área corinthiana sem ao menos ser tocado por Leandro Castán. Jailson Freitas marcou pênalti, que foi convertido em gol por Bruno Mineiro.

Como bem definiu o ex-goleiro Ronaldo Giovanelli em seu twitter (@Ronaldo601): “o lance do penalty pro corinthians foi interpretativo, mas o lance de penalty pro atlético foi vingativo!” (sic).

A trapalhada do árbitro irritou os atletas corinthianos, o que lhes rendeu uma saraivada de cartões amarelos.

Danilo ainda entrou no lugar de Bruno César, que estava completamente isolado no meio, mas não ajudou a mudar o panorama da partida.

O time da casa não conseguia levar perigo à meta de Júlio César, enquanto o Corinthians se conformava com o empate fora de casa.

Vale destaque apenas um lance ocorrido próximo ao fim da partida, quando Elias, em péssima noite, recebeu um cruzamento na área e mandou por cima do gol. Após isso, despencou na área, alegando câimbra.

O resultado da partida, que merecia ter terminado em 0 a 0, foi péssimo para ambas as equipes.

Ainda permitiu ao Fluminense ampliar a vantagem na liderança por três pontos. E é justamente contra o tricolor carioca que teremos nosso próximo embate fora de casa, no Engenhão – local onde o Corinthians não costuma se sair bem.

Até lá, ainda teremos mais um jogo no Pacaembu, contra o Grêmio, no próximo sábado.

Só a vitória nos interessa.

fabiosallum.blogdotrio@gmail.com

http://twitter.com/FabioSallum

http://www.formspring.me/FabioSallum

Anúncios

Responses

  1. E ai Fabio, blz.
    Ontem o assoprador de apito prejudicou e muito ambas as equipes, o empate me pareceu justo, mas devido aos penalts não existentes, talvez a história teria sido outra se estes não fossem marcados. Mas o empate pode ser encarado com bons olhos, na Arena o furacão sempre é osso duro.

    BLOG DO CLEBER SOARES

    Fábio Sallum: Pois é, o Corinthians não costuma se sair bem lá na Arena da Baixada.

    A crítica fica em cima da postura da equipe, que estava muito aquém do que pode apresentar.

    O empate foi justo, mas lamentável.

    Abraços!

  2. ae maluco…..
    cê num é corintiano…… cê num tem cara de corintiano…..
    cê num representa a fiel torcida….
    RESPEITO COM O CORINGÃO…. TODO PODEROSO…
    EU EXIJO RESPEITO CUM O TODO PODEROSO

    Fábio Sallum: Não diga bobagem, “maluco”.

    Alguém aqui faltou com o respeito com o Corinthians?

    O que é ter cara de corinthiano pra você?

    É cada um que me aparece…

    Abraços!

  3. Fábião, a verdade é q o time não conseguiu demonstrar o bom futebol q vinha apresentando… Desfalques a parte, ficamos muito presos na marcação deles e não criamos as oportunidades de gol q vinhamos criando…
    Pra mim foi penalti claro no lance do Gordo pois o atleta não estava com a mão colada ao corpo… e no segundo tempo o juizão deu uma mãozinha pra eles e pro Flu…
    abraços
    Vai Corinthians!!!!

    Fábio Sallum: Wagnão, tem uma regra que diz que, se houve toque em uma parte do corpo do atleta antes da mão, não é pênalti.

    Tudo o que queremos é que a equipe tenha padrão de jogo.

    Vamos torcer para que o Adilson consiga ajustar a equipe a tempo.

    Abraços!

  4. Nunca ouvi falar nessa regra… então se a bola resvalar no pé do atleta e for na direção do gol o mesmo pode meter a mão na bola q não é penalti?

    Fábio Sallum: Eu confesso que não entendi bem essa regra.

    Vou procurar me informar e te aviso quando souber melhor.

    Abraços!

  5. Cada dia mais eu me convenço que não chegaremos ao título. É insuportável assistir o Corinthians fora de casa.

    Empate foi um péssimo resultado. Se não conseguimos ganhar do Atletico PR fora, vamos ganhar de quem?

    A hora da verdade está chegando, vamos pegar Fluminense, Santos e Inter na sequência fora.

    Uma derrota pro Fluminense seria desastrosa. O pior é que esse resultado seria normal caso não tivéssemos perdido pontos pra times minúsculos fora de casa (Ceará, Prudente, Atletico Go, Avaí).

    Fábio Sallum: Renan, o Corinthians é um pai para esses times.

    Sempre dá um empurrãozinho.

    Quarta-feira será um jogo decisivo e precisamos jogar como Corinthians.

    Mas antes precisamos fazer nossa parte contra o Grêmio em casa.

    Qual sua opinião sobre o Elias ontem?

    Abraços!

  6. Fala Fabio!

    Infelizmente o Adilson tem mexido mau no time. No jogo de quarta, recuar o Jucilei foi um péssimo negócio, já que ele era o único que estava aparecendo pro jogo (Elias no modo invisível). Daí o B. Cesar sozinho não consegue resolver todas. E na boa, por pior que esteja o B. Cesar, não dá para colocar o Danilo no lugar dele.

    Temos de qualquer forma vencer amanhã.

    Saudações.

    Fábio Sallum: Vitor, concordo que o Adilson tem feito mudanças duvidosas na equipe.

    Acredito que ele precisa rever seus conceitos.

    Vencer no sábado é imprescindível.

    Abraços!

  7. Ae Fabio, concordo com o Fiel..
    Vc tem cara de tudo, menos de Corinthiano!
    Não consigo te imaginar no meio da Fiel torcendo pelo Coringão…..
    Desculpa falar… seus textos são bem legais, mas jeito de Corinthiano vc não tem não!

    Fábio Sallum: José, isso é uma grande bobagem.

    O que é “jeito de Corinthiano” pra você?

    Sou um torcedor como qualquer outro, que canta, vibra e sofre com o Coringão.

    Quem sabe a gente não se tromba no Pacaembu num dia desses?

    Abraços!

  8. Na boa?… 1 x 0 pró TIMÃO. Isto se formos considerar somente as penalidades máximas. Excluindo as duas marcadas e convertidas, houve um penalti em cima do Iarley que foi agarrado fortemente dentro da área, o juiz viu e nada marcou. Porque ninguém comenta este lance?…

    Fábio Sallum: Bem lembrado, Donizete.

    Eu tinha esquecido deste lance!

    Abraços!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: