Publicado por: Blog do Trio | 05/09/2010

O mau humor de Lula

Nação Tri-Mundial,

Trago um excelente texto, do brilhante Paulo Vinicius Coelho (frise-se, amigo do Blog do Trio), sobre a participação do presidente Lula nna questão do estádio paulista para a Copa 2014, publicado no jornal Folha de SP.

Vale a pena!

 

Paulo Vinicius Coelho

DIZEM QUE A política ensinou ao presidente Lula jamais perder a compostura. Ele perde o humor. Na terça-feira, no palanque armado para a festa do centenário do Corinthians, Lula gritaria “Itaquera, já!” se estivesse com o humor em dia. Ou imitaria o grito com que a prefeita Luiza Erundina saudou sua presença no comício da praça da Sé, antes da eleição de 1989: “Brasil, urgente, Lula presidente!”, bradava a ex-prefeita.

Àquela época, os que estavam na praça da Sé julgavam que Lula poderia ser o presidente contra os crimes e as excrescências. Pois no palanque em que poderia se jactar de ser o pai do estádio de seu time do coração, Lula fez um discurso envergonhado, em que não pronunciou a palavra Itaquera nenhuma vez. Preferiu falar sobre as mazelas do futebol, aquelas que estariam a caminho de ser resolvidas se Lula se debruçasse sobre o esporte brasileiro, como se debruçou sobre as candidaturas olímpica e da Copa do Mundo.

Quem passou a terça-feira com Lula ouviu de sua boca as palavras excrescência, três vezes, e crime, duas vezes, antes do discurso. Referia-se ao fato de Itaquera estar no lugar do Morumbi na Copa. É verdade que o presidente falou com Emilio Odebrecht para construir a nova casa corintiana. Mas frisou que a Copa do Mundo não seria lá.

Seria no Morumbi, como ficou claro na mesma terça, dia em que o governador Alberto Goldman assinou financiamento de R$ 3,1 bilhões para obras de mobilidade urbana na região do estádio são-paulino. Se a Copa será em Itaquera, por que o governo paulista mantém como prioridade as obras no Morumbi? Obras que servirão, entre outras coisas, para construir o metrô que ligará o estádio ao aeroporto de Congonhas.

A resposta está na declaração do diretor de marketing do Corinthians, Luis Paulo Rosenberg, na quinta-feira. Ele diz que, se a Copa tem um problema, o Corinthians quer contribuir. Mas o estádio do centenário nunca foi pensado para ser da Copa, e o Corinthians não investirá um vintém para transformá-lo nisso.

Como o governo paulista não tem certeza absoluta de que tudo dará certo em Itaquera, mantém o investimento na região do Morumbi. A briga política que tirou o estádio são-paulino da Copa é chamada de problemas técnicos pela CBF e de excrescência por Lula. Desculpe, presidente, mas o senhor é cúmplice dela, por ter sido o avalista de Ricardo Teixeira na candidatura à Copa-2014. O senhor tem razão para perder o humor.

Folha de SP

Aurélio Camargo

aurelio.camargo@blogdotrio.com.br

Siga-me no Twitter: http://twitter.com/aureliocamargo

Anúncios

Responses

  1. Pois é… Sujeira debaixo do tapete é que não falta nas salas de nossos aniversários. Só fico chateado é que eles fazem essas lambanças e tentam imputar a culpa
    a nós.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: