Publicado por: Blog do Trio | 29/08/2010

Retorno, vitória e festa!

CORINTHIANS 2 X 1 VITÓRIA

Crédito: Agência Estado.

Nação Corinthiana,

No último jogo antes do dia 1º de Setembro, o Pacaembu virou o palco de uma grande festa para comemorar os 100 anos do Timão.

A torcida compareceu em peso para ver a partida que marcaria, ainda, a estréia da nova camisa nº 3, em alusão ao Centenário, além de mais um retorno de Ronaldo.

Crédito: Guilherme Cardoso/Lancepress.

Na tarde deste domingo, o Corinthians confirmou sua invencibilidade em casa – o que infelizmente não tem se confirmado quando na condição de visitante.

O Timão não teve qualquer dificuldade para bater o Vitória hoje.

Para o retorno do Fenômeno, Adilson Batista apresentou nova formação da equipe. Lento e com pouco ritmo, Ronaldo trabalhou mais como armador e foi responsável por algumas poucas jogadas.

Aliás, o camisa 9 foi recebido com enorme carinho pela Fiel, que comemorava cada jogada e, após 64 minutos de jogo, aplaudiu efusivamente o atleta em sua saída do gramado.

Apesar dos holofotes estarem voltados para Ronaldo, foram justamente outros dois veteranos atletas que deram o pontapé inicial na festa corinthiana: Roberto Carlos fez um lançamento preciso para Iarley que, aos 11 minutos, cabeceou para o fundo das redes.

A sensação era a de que teríamos uma goleada, mas a opção de privilegiar Ronaldo nas finalizações fez com que muitas jogadas fossem prejudicadas com a falta de mobilidade do Fenômeno.

Os soteropolitanos, por sua vez, começaram a pressionar, dando um pouco de trabalho a Júlio César nas tentativas de fora da área. Houve até reclamação de um pênalti cometido por Paulo André em Júnior, que não foi assinalado pelo árbitro.

No finalzinho do primeiro tempo, Elias fez uma bela jogada e foi interceptado por Gabriel. Mas o atleta do Leão bobeou e deu a bola de presente pra Paulinho, que ampliou o placar.

No segundo tempo, o Corinthians continuava dominando as ações. O Fenômeno voltou melhor e serviu seus companheiros em duas oportunidades: um toque preciso para Bruno César e um cabeceio para Elias. Os lances serviram para enlouquecer o Pacaembu.

Ovacionado, Ronaldo deu lugar a William Morais. Com a substituição, o Timão perdeu o embalo e deixou que o Vitória se arriscasse mais.

Porém, a equipe visitante parecia um amontoado em campo e conseguiu diminuir apenas aos 37 minutos, com um cabeceio do ex-santista Kléber Pereira.

A desentrosada zaga corinthiana ainda passou por um sufoco nos minutos finais, mas não foi o suficiente para que o Vitória chegasse ao empate.

Com a vitória conquistada, o Corinthians afastou-se mais do terceiro colocado e está a apenas 3 pontos de distância do líder, que empatou com o São Paulo em sua última partida no Maracanã.

O Timão terá uma partida a menos nesta semana, visto que teve jogo contra o Vasco – o qual seria realizado no dia de seu aniversário – remarcado para o dia 13 de Outubro. Desta forma, nosso próximo embate será contra o Goiás, no próximo sábado, novamente no Pacaembu.

Tendo em vista a situação do clube esmeradino, certamente teremos mais uma tarde de festa no Pacaembu.

fabiosallum.blogdotrio@gmail.com

http://twitter.com/FabioSallum

http://www.formspring.me/FabioSallum

Anúncios

Responses

  1. Fabio, o Pacaembu estava em grande festa hoje!
    Nada melhor do que celebrar a história centenária do Timão com uma boa vitória!
    O Ronaldo voltou e torço para que ele volte a jogar muito com o manto sagrado!
    Será que ele fica em 2011?

    VAI CORINTHIANS!!!

    Fábio Sallum: Jaime, confesso que fiquei emocionado ao cantar “Parabéns pra você” para o nosso Corinthians.

    Acho que o Ronaldo deve parar ao fim do ano, mas gostaria muito que ele se recuperasse de verdade e jogasse na Libertadores do ano que vem.

    Vamos torcer, né?

    Abraços!

  2. Que lançamento o do RC hoje!!

    Foi um puta golaço do Iarley!

    Ah se o Bruno César não tivesse perdido aquela bola no segundo tempo!

    Ouvi no rádio que o Ronaldo está comprometido em voltar e teria deixado de beber!

    Faltou você ressaltar que o Elias não manteve a boa atuação das partidas anteriores. Acho que isso aconteceu especialmente em função do esquema armado pelo Adilson Batista.

    E os bambis cariocas empataram com os bambis paulistas! Que beleza!

    Fábio Sallum: Na minha opinião, o erro foi terem privilegiado muito o Ronaldo nas finalizações.

    Perdemos muitas chances, inclusive com o Elias.

    Mas foi importante para que o Fenômeno voltasse a sentir o gostinho de atuar no Pacaembu, com o apoio dos companheiros e da torcida.

    Eu soube dessa história do Ronaldo também e espero que seja verdade.

    Encostamos no Fluminense. Agora é manter a nossa parte e acompanhar os futuros tropeços dos cariocas!

    Abraços!

  3. Fabio, brilhante a sua análise.

    Hoje fui ver o jogo no Parque São Jorge. Quer dizer, vi só meio jogo.

    O telão deu problema e fomos obrigados a ver o primeiro tempo dos porcos, acredita?

    Depois resolveram o problema e foi só alegria!

    Vc vai no show da virada?

    Fábio Sallum: Obrigado pelas palavras, Paulo.

    Eu soube do problema na transmissão do PSJ.

    Infelizmente, esse tipo de problema técnico pode acontecer. Espero que não tenha acontecido nenhum outro episódio mais grave.

    O dia 31/08 está lotado de eventos. Tentarei ir no show da virada sim.

    Mas recomendo que você prestigie a Semana do Corinthians, que é uma iniciativa sensacional.

    Veja mais detalhes em http://www.semanadocorinthians.com.br

    Abraços!

  4. Saudações Fabio,

    como você bem comentou, era nítido que todos os lances os jogadores procuravam o Ronaldo em campo, não só nos momentos de finalização mas também em diversos contra-ataques. Acho que daí vai do Adilson em orientar ao time que já vinha jogando bem a não jogar em função do Ronaldo e sim considera-lo como uma opção a mais no time (se bem que não deve ser tão simples considerar o Ronaldo como sendo apenas um a mais). Mas temos que levar em consideração que é um recomeço e nos resta torcer para mais uma volta por cima do Fenômeno.
    Sábado que vem, o Adilson bem que poderia tentar o esquema dos 3 atacantes, já que o Elias está suspenso e quem sabe teremos a volta do Dentinho e o JH faria aquela correria de sempre.

    Agora só uma observação:
    Se o Defederico não jogar melhor que o tal do Willian Morais, a ponto de não ser nem convocado para os jogos, fomos completamente enganados sobre o argentino.

    Vai Corinthians!

    Fábio Sallum: Vitor, acredito que a formação ideal do Corinthians é com o ataque formado por Dentinho, Ronaldo e Jorge Henrique.

    Tivemos muita festa no último domingo e acredito que foi justamente a solidariedade pelo retorno do Fenômeno que gerou essa centralização das bolas para ele.

    Entretanto, se nos próximos jogos isso continuar e a coisa não andar, a cobrança da torcida vai voltar.

    O Defederico até hoje não mostrou a que veio. A melhor definição que ouvi é a de que ele é um Lulinha argentino.

    Abraços!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: