Publicado por: Blog do Trio | 18/08/2010

Dia do fico! Dagoberto, Marlos e Saavedra

Nação Tri-Mundial,

Podemos afirmar que o dia de ontem foi, de fato, o “dia do fico” no Tricolor.

Primeiro, e mais complicado, temos o caso do Dagoberto.

Jogador e clube vivem um verdadeiro inferno astral.

Primeiro, Dagoberto não jogou absolutamente nada nos jogos das semi-finais da Libertadores. Bom, podemos culpá-lo, então, por sua atuação no segundo jogo, pois no primeiro o time todo não jogou absolutamente nada.

O esquema e a proposta de jogo levados por Ricardo Gomes, de fato, não privilegiava os atacantes, tanto que tal qual Dagoberto, Fernandão também não jogou nada.

Ainda na ressaca da eliminação, o atacante, após ser publicamente criticado por Juvenal Juvêncio, sequer foi relacionado para o jogo contra o Atlético-PR, sob a alegação de poupá-lo das supostas hostilidades que poderia ser vítima em Curitiba.

Nomeado o novo treinador, Dagoberto ficou no banco no último domingo, e, ao ver que não entraria na partida, atirou o agasalho no chão.

Após, deu diversas declarações dizendo que pessoas da diretoria o estariam prejudicando, com uma frase que estampou a manchete de diversas matérias sobre o assunto: “É muito fácil descobrir quem está me prejudicando”.

Sua saída do clube era dada como certa.

Colocando mais lenha na fogueira, o jornalista Juca Kfouri publicou ontem, em seu blog, que Rogério Ceni e Dagoberto não se dão, e que o Capitão teria dito após a pífia atuação do time em Porto Alegre: “Eu avisei que não era para escalar este m…”.

E, finalizando toda a história, seu empresário assegurou ontem que o jogador fica no clube até o final do ano.

Enfim, como disse, são duas situações distintas.

Primeiro, não acho justo crucificar o jogador pela eliminação da Libertadores. Caímos fora não por causa do Dagoberto. Mas, sim, pois Ricardo Gomes foi covarde no jogo de ida. Lá, ninguém jogou bem.

No jogo de volta, é fato, sua atuação foi apagada. Mas até aí, Cléber Santana também jogou muito mal.

Aliás, Ricardo Oliveira foi o único que jogou bem. De resto, muita vontade e pouco futebol.

Ou seja, não fomos eliminados por culpa exclusiva de Dagoberto.

A segunda, é que, realmente, ele nunca jogou no São Paulo o futebol que se esperava.

Chegou em maio de 2007 com status de estrela, tendo custado R$ 5 milhões.

Foi, sim, importante nos títulos nacionais de 2007 e 2008, mas sem nunca repetir o futebol do começo da carreira.

Diversos foram os seus companheiros de ataque. Para citar alguns, Borges, Adriano, Washington e Fernandão.

E, com todos eles, sempre foi titular absoluto.

Situação que agora mudou.

Acredito que seu ciclo no São Paulo tenha mesmo acabado (assim como o de vários outros jogadores).

Entretanto, nossa diretoria fez questão de dispensar os demais atacantes.

Ou seja, caso ele saia, o único reserva que fica é Fernandinho.

Pouco, muito pouco, ainda mais se contarmos que seu futebol ultimamente anda acompanhando seu nome, ou seja, no diminutivo.

Ou seja, a melhor opção para o time nesse momento ainda é mesmo a permanência de Dagoberto.

 

Marlos

O meia Marlos teve ontem seu contrato renovado até junho de 2014.

Ótima notícia.

Marlos é ainda um jogador jovem, que tem muito o que aprender (principalmente ser menos fominha) e muito o que evoluir.

Acredito que tem tudo para ser um grande meia do futebol Brasileiro.

 

Saavedra

Outro que também teve seu contrato renovado foi o zagueiro Chileno Alejandro Saavedra.

Os mais desavisados nem vão mais lembrar que o clube o contratou no ano passado.

Os mais desavisados ainda, nem vão saber que um dia o São Paulo contratou um zagueiro Chileno de nome Alejandro Nelson Saavedra.

Pois sim. Em julho do ano passado contratamos o jogador, conforme divulgado aqui no blog.

E, nesse um ano, ele nunca entrou em campo!

Não me lembro se, sequer, foi relacionado para algum jogo.

O fato, é que mesmo assim teve seu contrato renovado.

Motivos?

Isso só o presidente Juvenal pode explicar.

Uma explicação estaria no seu empresário.

Juan Figger, que todos sabem tem um excelente trânsito no Morumbi.

É o empresário d vários jogadores do elenco, como Alex Silva e Cléber Santana.

Comenta-se que a volta do zagueiro (pirulito) ao Brasil, e, principalmente ao São Paulo, foi particularmente conduzida por Figger.

Enfim, o fato é que Saavedra continuará até o final do ano treinando com a garotada em Cotia.

Coisas do futebol!

Aurélio Camargo

aurelio.camargo@blogdotrio.com.br

Siga-me no Twitter: http://twitter.com/aureliocamargo

Anúncios

Responses

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blog do Trio and Aurelio Camargo, Aurelio Camargo. Aurelio Camargo said: Dia do fico! Dagoberto, Marlos e Saavedra: http://t.co/67QLmV2 […]

  2. O tricolor tem que aprender a usar os garotos de cotia .

    obs. se realmente treinador de futebol resolve alguma coisa ,que comecem a montar um time super velós em todas pocisões ,com garotos de 18 a 20 anos e vendem todos jogadores que não ganharam nada no tricolor.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: