Publicado por: Blog do Trio | 02/08/2010

Atuação Mediana. Resultado satisfatório.

PALMEIRAS 1 X 1 CORINTHIANS

Crédito: Eduardo Viana/Lancepress

Nação Corinthiana,

Foi um clássico entre duas equipes que ainda não possuem a “cara” de seus treinadores.

Adilson Batista pegou um elenco já montado e teve menos de uma semana de trabalho como treinador. Já Felipão está, aos poucos, conseguindo fazer o Palmeiras jogar bola.

Enquanto o técnico alvinegro começou a dirigir um time com um esquema de jogo já montado e que luta pela liderança do campeonato, o seu co-relato alviverde se encontra numa situação mais delicada: fazer o desacreditado time corresponder à avalanche de investimentos realizados pela diretoria, no intuito de ganhar um título de encerrar o longo jejum de títulos (à exceção do Paulistão de 2008) do clube.

Ao contrário do que a imprensa falou durante a semana, chamando-o de Professor Pardal, Adilson Batista não inventou. Colocou Leandro Castan e Iarley nos respectivos lugares de Roberto Carlos e Dentinho.

Mesmo jogando como “visitante” no Pacaembu, o Timão sufocou o Verdão desde o início da partida. Bruno César assustou Deola logo no começo e o jogo poderia ter sido diferente se o péssimo árbitro Paulo César Oliveira tivesse marcado um pênalti em razão do lance de vôlei protagonizado por Armero.

O Palmeiras, tentando sair nos contra-ataques, também levou susto à zaga corinthiana. Lincoln recebeu cruzamento de Everthon, e saiu na cara do gol de Júlio César, mas teve impedimento assinalado.

Num belo lance, Bruno César trocou passes com Iarley e cruzou para Jorge Henrique que, também impedido, abriu o placar pro Timão.

Ocorre que, logo após marcar o gol, o Corinthians deixou que o Palmeiras ganhasse espaço e, aos poucos, tomasse conta do clássico. Seria herança de Mano Menezes?

Os palmeirenses também tiveram um pênalti não-assinalado para reclamar, num lance em que Jucilei tirou Everthon para dançar na área corinthiana. Da mesma forma, empataram o jogo com um gol que gerou muita discussão, marcado por Edinho após Júlio César defender o chute de Kléber.

No segundo tempo, o panorama continuou igual.

A marcação corinthiana falhava, com Chicão, em má-fase, segurando as pontas do igualmente mal Alessandro. Para piorar, o Palmeiras embalado por Kléber e Lincoln conseguia trocar bons passes, o que fez o Timão abusar das faltas.

Em razão disso, o árbitro distribuiu dez cartões amarelos no jogo, sendo seis destes para jogadores do Corinthians: Alessandro, Chicão, William, Leandro Castan, Bruno César e Jorge Henrique.

Além disso, a ausência de Roberto Carlos não foi bem suprida por Leandro Castan, visto que o lado esquerdo não foi uma boa opção para os contra-ataques alvinegros.

Desta forma, a armação das jogadas ficou restrita a Jucilei, Elias e Bruno César. Com o último praticamente anulado por Pierre em toda a segunda etapa, o Timão pouco criou.

A falta de opções no banco fez com que Adilson Batista cometesse um equívoco, substituindo Bruno César por Defederico. Mesmo apagado, Bruno César poderia desequilibrar em um ou dois lances – coisa que o “Lulinha argentino”, que mal tocou na boca, está longe de fazer.

Adilson ainda tirou Elias e colocou Paulinho, bem como pôs Souza, aos 44 minutos do segundo tempo, no lugar do esforçado, mas inoperante, Iarley.

É muito cedo (e injusto!) falar em erro de Adilson Batista, um treinador sério e muito competente que está chegando agora ao Parque São Jorge. Além disso, os próprios atletas do Timão elogiaram o trabalho do técnico, especialmente por ele “falar a língua dos jogadores”.

Tendo em vista que o Palmeiras teve três (!!!) gols de Everthon anulados por impedimento, o empate não foi um mau resultado pelo apresentado pelo Corinthians na partida.

Placar mediano, por ter tirado momentaneamente a liderança do campeonato. Porém, satisfatório pela bola vista em campo.

Em tempo: A torcida do Palmeiras decepcionou ao não conseguir encher o Pacaembu.

Parabéns à Fiel Torcida que, mesmo com as Organizadas batendo cabeça na hora de cantar, fez uma bonita festa no Tobogã!

fabiosallum.blogdotrio@gmail.com

http://twitter.com/FabioSallum

http://www.formspring.me/FabioSallum

Anúncios

Responses

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Fábio Sallum, Blog do Trio. Blog do Trio said: Leia! RT @FabioSallum Empate mediano. Resultado satisfatório. Tudo sobre Palmeiras 1 X 1 Corinthians: http://tinyurl.com/22pg7nv […]

  2. Fábio, bom dia!

    Achei legal a festa da torcida. Dentro das limitações de espaço pelo fato do Corinthians não ser o mandante até que houve uma certa organização na minha opinião foi legal

    Muito boa também o esquema montado pela PM. Funcionou bem.
    Coloquei alguns lances no youtube:

    ABçs

    Fábio Sallum: João, a festa da torcida foi muito legal mesmo.

    Tirando a questão referente ao Setor VIP, onde houve um entrevero entre palmeirenses e corinthianos, a organização do clássico foi boa.

    Muito bons os vídeos também!

    Pena que não tivemos mais gols ontem, né?

    Abraços!

  3. E ai Fábio blz.
    foi um bom jogo, em momentos até emocionante, não foi bom técnicamente, e só não teve mais gols pelas inumeras falhas de conclusões na cara do gol.
    O resultado foi razoavel para o timão mas foi ruim para o verdão, que vem montando um grande elenco, mas a pergunta é, sera que vai dar tempo para esse ano ainda????

    BLOG DO CLEBER SOARES

    Fábio Sallum: Cleber, realmente a partida foi emocionante, mas ambas as equipes deixaram a desejar.

    O caso do Palmeiras é mais preocupante. Não duvido da capacidade do Felipão, mas o elenco do alviverde precisa de meia-dúzia de reforços para conseguir lutar pelo título.

    Não vejo com bons olhos a estratégia da diretoria do Verdão de partir para o “tudo ou nada”, adiantando receitas e gastando os tubos para tentar lutar pelo título.

    Afinal, pagar R$ 800 mil por mês a um técnico e contratar Valdívia por quase R$ 24 milhões é algo completamente fora da realidade do futebol brasileiro.

    Isso sem mencionar que o clube ainda paga salários a Luxemburgo, Muricy e Antonio Carlos.

    Abraços!

  4. Fábião, discordo q foi um bom resultado pro Timão… mais um jogo fácil q o Corinthians consegue complicar além de q perdeu a liderança, q apesar de ilusória nesse momento, é sempre uma motivação a mais tentar mantê-la… bom, pelo menos não perdeu e não deixou o Felipão comemorar vitória ainda nesse retorno…
    o Adilson está certo em dar chances para todos mas tirar o Bruno César e colocar o defederico é osso…
    o q acontece com o William hein? parece q tá com uma mala de pedra nas costas… Lento por demais…
    Abraços
    Vai Corinthians!!!!!!

    Fábio Sallum: Wagnão, o resultado realmente não foi bom.

    Mas, pelo panorama do jogo de ontem, foi satisfatório. Afinal, o Palmeiras teve grandes chances de vencer a partida.

    Temos que continuar na luta pelo título.

    Acho que está na hora do William parar.

    Abraços!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: