Publicado por: Blog do Trio | 22/07/2010

Fim da Invencibilidade!

ATLÉTICO/GO 3 X 1 CORINTHIANS

Crédito: Carlos Costa/Lancenet

Nação Corinthiana,

Que péssima noite no Serra Dourada!

O Timão até que iniciou bem a partida, com bastante espaço para se movimentar. Aproveitando a falha na marcação do lanterninha do campeonato, o Corinthians dominou o campo e quase marcou aos 11 minutos, pelos pés de Bruno César.

Mas, a partir de um erro infantil de Chicão, Rodrigo Tiuí surgiu sozinho – e impedido – na frente de Júlio César, que não teve outra alternativa que não fosse cometer a penalidade. Robston cobrou e o time goiano abriu o placar.

Mesmo com a desvantagem no placar, o Corinthians ainda era melhor em campo e conseguiu empatar ainda no primeiro tempo, em rebote de Iarley após Danilo mandar na trave.

Eis que, no segundo tempo, uma pane geral acometeu o Coringão. Ao que parece, a equipe foi tomada pelo velho pensamento tacanho e se mostrava satisfeita com o resultado conquistado.

O time da casa, por sua vez, perdeu o respeito e começou a pressionar desde o início, dando muito trabalho a Júli0 César. O arqueiro bem que tentou salvar a meta corinthiana, mas ficou sem poder agir quando Pedro Paulo aproveitou erro de Danilo – que teve um lançamento cortado pelo árbitro -, e marcou o segundo gol do Atlético/GO.

Autor do primeiro gol alvinegro, o contestado Iarley se envolveu em um estranho lance em que o árbitro marcou pênalti para o Timão. Porém, Chicão mostrou que realmente está em má-fase e novamente desperdiçou a cobrança.

Apesar das substituições que colocaram Tcheco, Defederico e Souza em campo – e trouxeram uma sensação de “déja vù” ao torcedor corinthiano -, o Timão tentou buscar o empate. Porém, foi o Atlético/GO que, surpreendentemente, marcou seu terceiro gol, ampliando o placar.

A derrota desta quarta-feira foi completamente inexplicável. O setor defensivo falhou de maneira absurda, permitindo que uma equipe fraquíssima pintasse e bordasse em nossa área.

Será que os rumores de que Mano Menezes – plantados na mídia pelo próprio staff do treinador – poderia ir para a Seleção Brasileira teria desestabilizado a equipe? Ou os jogadores teriam ficado sensibilizados com a briga clube-atleta envolvendo Felipe, que tem tudo para custar uma tremenda indenização aos cofres do Corinthians em função da falta de profissionalismo dos dirigentes alvinegros?

Por sorte, o Timão continua na liderança e pode ser que tal derrota não crie grandes modificações na tabela. Mas é hora de acender a luz amarela e corrigir os equívocos – sejam eles técnicos ou comportamentais.

fabiosallum.blogdotrio@gmail.com

http://twitter.com/FabioSallum

http://www.formspring.me/FabioSallum

Anúncios

Responses

  1. Fabião, até entendo seu ódio pela diretoria do Corinthians, afinal eu também não morro de amores por algumas atitudes, mas se você chama de maus profissionais os dirigentes, o que dizer do Felipe e seus 3 representantes?
    … “Ou os jogadores teriam ficado sensibilizados com a briga clube-atleta envolvendo Felipe, que tem tudo para custar uma tremenda indenização aos cofres do Corinthians em função da falta de profissionalismo dos dirigentes alvinegros?

    O cara – “cabeça de merda e influenciável”, desde 2008 vem constantemente exigindo aumentos salariais e dizendo para os 4 cantos que vai sair… surge uma proposta plantada pelos empresários… recusa-se a continuar treinando e pede desligamento para viajar e acertar o contrato que acabou não dando certo… e os dirigentes que são maus profissionais?

    Tenha a santa paciência… Sei que você trabalhou por um candidato derrotado nas últimas eleições, mas o óbvio não pode ser deixado de lado…

    Abraços

    Fábio Sallum: Ednei, eu não tenho ódio pela diretoria, nem qualquer tipo de sentimento negativo de tal grau.

    Independente de ter participado da campanha de outro candidato durante a eleição realizada no ano passado, respeito a gestão atual do clube, elogiando os acertos e discordando de certas atitudes que entendo como anti-profissionais.

    O Felipe, assim como qualquer outro atleta, tem o direito de buscar novos desafios na carreira, como o de jogar no exterior. Todo jogador busca isso e é hipocrisia culpá-lo por isso.

    Acredito que os representantes do jogador também cometeram equívocos neste episódio, que foi prejudicial para ambos. Mas é evidente que a diretoria procurou colocar Felipe contra a torcida e aconselho todos os torcedores a ler com reservas certas versões da história divulgadas na imprensa.

    Abraços!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: