Publicado por: Blog do Trio | 17/05/2010

Liderança sofrida!

GRÊMIO 1 X 2 CORINTHIANS

Crédito: Ricardo Rimoli/Lancenet

Nação Corinthiana,

O Timão conquistou uma importante vitória no Olímpico, mantendo seu aproveitamento em 100% nesta fase inicial do Brasileirão.

Diante de um adversário que poupou boa parte de seus atletas titulares, o Corinthians entrou em campo apresentando um futebol envolvente. Tanto que, logo aos 5 minutos, abriu o placar com cabeçada de Ralf, após escanteio bem cobrado por Dentinho.

Após o gol, o alvinegro diminuiu o ritmo e deixou que o Grêmio dominasse a partida. Entretanto, a falta de entrosamento do time da casa era evidente, impedindo que Felipe tivesse grande trabalho.

Tanto que, no principal momento em que foi acionado, o arqueiro corinthiano salvou a bola em cima da linha, após falha de marcação.

Por sua vez, o Timão se lançava em rápidos contra-ataques com Dentinho e Jorge Henrique, mas, a exemplo das partidas anteriores, continuava a abusar dos erros nas finalizações.

No segundo tempo, Silas tirou o irregular Douglas e colocou Jonas, deixando o Grêmio mais eficiente. Porém, o Corinthians conseguiu segurar o ímpeto do time da casa e, em lance iniciado por Dentinho, chegou ao segundo gol com gol em câmera lenta de Souza.

Tudo caminhava bem, até que Mano Menezes começou a aprontar das suas. Com o velho pensamento tacanho que tem permeado boa parte seu trabalho, o técnico tirou Jorge Henrique para a entrada de Danilo, recuando a equipe. Por que não manter o ataque veloz, colocando o meia no lugar de um dos três volantes?

Com isso, chamou o Grêmio para o jogo, o qual chegou ao gol aos 30 minutos, em chute cruzado de Maylson, após falha de William. A pressão do tricolor gaúcho pelo empate aumentou e transformou o restante da partida em um sufoco para o torcedor corinthiano.

Ainda daria tempo para presenciarmos novo equívoco de Mano Menezes, que colocou Iarley no lugar de Dentinho (não teria sido melhor tirar Souza?), tirando boa parte da efetividade do ataque corinthiano.

Felizmente, o placar se manteve inalterado até o fim, trazendo um pouco alívio para a Fiel.

Na próxima semana, o Timão encara o Fluminense, que finalmente conseguiu sua primeira vitória sob o comando de Muricy Ramalho.

Esperamos que, no Pacaembu, a equipe volte a apresentar o mesmo espírito da partida deste último domingo. Mas sem covardias táticas por parte do “professor”.

fabiosallum.blogdotrio@gmail.com

http://twitter.com/FabioSallum

http://www.formspring.me/FabioSallum

Anúncios

Responses

  1. CHUPA A MINHA ROLA SEU FRANGA FILHA DA PUTA!!!!!
    SPFC CAMPEAO!!!!
    SEU PORRA!!!

    Fábio Sallum: “Ah, o que é isso? Elas estão descontroladas!

    Abraços!

  2. Pois é Fábião… concordo plenamente com o post…
    e o capitão hein? tá muito mal… q carrinho foi aquele…
    agora é a hora de disparar….
    abração
    vai Corinthians!!!!!!!!

    Fábio Sallum: Eu gosto muito do William, mas ele já dá sinais de cansaço e deve se aposentar em breve.

    Torço para que diretoria, técnico e jogadores cheguem a um consenso, em busca do único bem comum: o Corinthians.

    É hora de arrancar!

    Abraços!

  3. Sempre que o Timão fracassa em algum cmapeonato logo vem uma série de nóticias e matérias para abafar o vexame.
    Me parece que alguns jornalistas se prestam a isto. O Ronaldo de certa forma tb. Anunciou a entrega do CT.
    Na semana passada até a Exame entrou nesta.
    Hoje foi o IG esportes
    Investidores planejam lucrar R$ 155 milhões com estádio corintiano
    Este é o valor que o banco e as construtoras avaliam como possível obter com venda de camarotes e outros itens. Veja detalhes do projeto que será apresentado segunda-feira ao Conselho corintiano

    Marcel Rizzo, iG São Paulo

    O plano financeiro para a construção do estádio estará detalhado no projeto que o banco Banif e as construtoras Hochtief e EIT apresentarão na segunda-feira ao Conselho Deliberativo do Corinthians. Em encontro preliminar com o presidente do CD, Carlos Senger, os investidores ouviram do corintiano que a principal preocupação dos conselheiros é saber como a obra será paga e se não trará ônus ao clube.

    O iG teve acesso à documentação que será apresentada e que especifica a engenharia financeira. O lucro que os investidores pretendem ganhar com a operação aparece na página 40: a previsão é de R$ 155,7 milhões.

    Reprodução

    Uma das imagens que será disponibilizada aos conselheiros na segunda mostra o estádio disposto nos dois terrenos que seriam comprados

    Este valor seria atingido com a venda de camarotes, cadeiras VIP, cativas, da concessão para venda de publicidade interna e com o “naming rights”, que é o direito de uma empresa estampar o nome da arena, por 20 anos. No total seriam arrecadados R$ 590,5 milhões com os itens descritos. Subtraindo os R$ 342,7 milhões da construção e compras de terrenos (de 100 mil m²), mais R$ 92,1 milhões de juros do financiamento bancário, chegariam ao lucro líquido de R$ 155,7 milhões.

    Os críticos de propostas de parceria para a construção de estádio, como o diretor de marketing Luís Paulo Rosenberg, avaliam que o Corinthians não pode abrir o direito da venda de camarotes e cativas e, principalmente, de escolher a empresa que aparecerá no nome do estádio. Os que apóiam dizem que o clube não teria como iniciar uma obra sem ter um parceiro com capacidade de injetar R$ 100 milhões.

    Veja abaixo detalhes do projeto que será apresentado na segunda-feira ao Conselho corintiano.

    Como lucrar
    Os investidores venderão 15 mil cadeiras cativas, mil cadeiras cativas VIP, 50 office arena (lojas internas), além da concessão para venda de publicidade interna (placas de publicidade, por exemplo). O “naming rights” seria negociado com uma ou até duas empresas por um período de 20 anos. Com todas essas operações é possível arrecadar R$ 590,5 milhões, que descontados valores de construção, compra de terrenos (só este custaria R$ 36 milhões) e juros bancários chegariam aos R$ 155,7 milhões de lucro.

    E o Corinthians?
    Na assinatura do contrato, o clube cede ao investidor a marca “Corinthians”. Este é um dos pontos que incomodam os críticos a parcerias como esta. Os sócios teriam liberdade para negociar qualquer cota de patrocínio do “Estádio do Corinthians”, inclusive o nome da arena. Por 20 anos, a empresa que comprar o “naming rights” tem o direito de explorar este nome. Os investidores saem da operação assim que conseguirem o lucro e doam o campo ao clube – a empresa detentora do “naming rights”, porém, mantém seu nome ali pelo tempo que o contrato estipular. Durante o período de concessão, o Corinthians fatura com venda de ingressos, de bilhetes de estacionamento (serão 3 mil vagas) e do aluguel de espaço para lojas e restaurantes na área externa.

    – Reprodução

    Projeto prevê 56,2 mil lugares, 3 mil vagas de estacionamento e passarela para estação de trem

    O estádio
    O projeto de arquitetura foi feito por Augusto França Neto, que será comprado pelos investidores. França Neto foi levado à operação pelo conselheiro corintiano Edgar Soares. Seriam 24 mil lugares de arquibancada e numerada no anel inferior e 14,2 mil no superior. No intermediário, a divisão seria 15 mil cadeiras cativas, mil cadeiras cativas VIP e 100 camarotes para 16 pessoas, totalizando 1,6 mil cadeiras. Serão mais 200 vagas para tribuna de honra e 200 para a imprensa, totalizando aproximadamente 56 mil lugares. O total da área construída será de 71.487 m².

    Acesso
    O relatório aponta facilidades de acesso para os torcedores. São dois terrenos que seriam comprados, na divisa entre São Paulo e Guarulhos, próximo à rodovia Ayrton Senna. Segundo o documento, 11 linhas de ônibus atendem a região, além de uma estação da linha 12, a Safira, da CPTM, que está próxima. O projeto prevê a construção de uma passarela de 250 metros, que passe por cima do rio Tietê para que os torcedores que descerem na estação Engenheiro Goulart da CPTM possam caminhar até o estádio. Os estacionamentos seriam dois: um coberto, dentro do estádio, para 1,2 mil automóveis e outro externo, no próprio terreno, com 1.750 vagas.

    Fábio Sallum: Gelson, eu já tinha conhecimento de que seria organizada uma comissão para avaliar os projetos de estádio para o Corinthians.

    Mas é evidente que o fato de terem “deixado vazar” tais informações foi com o único intuito de tentar desviar o foco para os problemas que a diretoria de futebol enfrenta.

    Particularmente, não gosto muito de comentar o assunto, pois o torcedor já cansou dessa história.

    Já apresentaram cerca de 14 projetos de estádio para o Corinthians e, por pura incompetência, nenhum saiu do chão.

    Vamos esperar até que exista algo, de fato, concreto!

    Abraços!

  4. Gostei do jôgo. O TODO PODEROSO TIMÃO está dando mostras de que neste ano, até por falta de opção, a coisa será diferentemente para melhor no que diz respeito ao “brasileirão”. Agora, é fato: como entender a entrada deste jogador Danilo?… Nunca vi nele um jogador com qualidades suficientes para jogar no TIMÃO. Acho que Defederico (bem fisicamente e esta novidade que é o Bruno Cezar) são bem melhores do que o tal Danilo.

    Fábio Sallum: Donizete, eu achei o jogo um tanto chato.

    O Corinthians se impôs em campo, mas ainda peca pelas inúmeras falhas de finalização.

    O Defederico já deu mostras de que não é meia. Precisamos como Bruno César irá se sair na posição.

    Estive no Pacaembu na primeira rodada do Brasileirão e pude ver que a torcida já perdeu a paciência com a lentidão de Danilo – o que me lembra as reclamações dos são-paulinos em 2005/2006.

    Ainda temos Tcheco, que volta de contusão e não parece ser o meia que procuramos.

    Iarley uma vez disse que havia chegado para vestir a 10. Como será que ele se sairia na posição, enquanto não encontramos o profissional adequado?

    Abraços!

  5. gostaria de ver também hein Fábião… Iarley na criação talvez pudesse pelo menos melhorar um pouco a produção do ataque q ao meu ver está criando muito pouco por jogo…
    abraço
    Vai Corinthians!!!!!

    Fábio Sallum: Acho que seria uma boa opção, né?

    Mas duvido muito que isso aconteça.

    Pior, com sua teimosia, nosso técnico está queimando jogadores interessantes.

    Abraços!

  6. […] This post was mentioned on Twitter by Blog do Trio. Blog do Trio said: Tudo sobre Grêmio 1 X 2 Corinthians: Liderança sofrida! http://tinyurl.com/27uyu9p #BlogdoTrio #corinthians […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: