Publicado por: Blog do Trio | 23/04/2010

Administrando a melhor campanha!

CORINTHIANS 1 X O INDEPENDIENTE MEDELLÍN

(Crédito: Ari Ferreira/Lancenet)

Nação Corinthiana,

Não há muito a se comentar a respeito da partida desta quarta-feira.

Isso porque foi um jogo entre duas equipes que não tinham o menor interesse em realizar uma grande apresentação no gramado do Pacaembu.

O Coringão, já classificado para as oitavas-de-final, precisava de uma vitória simples para confirmar-se como o time com o melhor aproveitamento de toda a competição.

O Independiente, por sua vez, já estava praticamente eliminado e se colocou em campo apenas para evitar uma goleada alvinegra.

A falta de interesse da equipe visitante era tanta que o técnico Leonel Alvarez sequer sabia que Ronaldo não jogaria.

Desta forma, o Timão lançou-se desde o início ao ataque com Iarley e Dentinho, mas tinha dificuldades para suplantar a defesa e pecava por um certo preciosismo.

A ressaltar, temos as importantes participações dos laterais Moacir e Roberto Carlos. Este último quase abriu o placar ao mandar uma potente bomba no travessão. Elias tentou marcar no rebote, mas o goleiro Bobadilla salvou a meta colombiana.

O único gol corinthiano saiu apenas aos 22 minutos, quando Roberto Carlos mandou cobrança de lateral para área rival. A bola resvalou na cabeça de William e foi mandada para o fundo da rede pelo colombiano Valencia, marcando gol contra.

Com a vantagem no placar, o Timão tratou de cozinhar a partida, mas acabou dando espaço para que o Independiente se arriscasse mais. Felizmente, a falta de qualidade dos jogadores visitantes não permitiu que estes levassem qualquer perigo à meta de Júlio César.

No segundo tempo, Chicão teve a chance marcar o segundo gol alvinegro ao aplicar um chapéu em Bobadilla, acertando o travessão.

Se há uma crítica individual a ser feita – sem falar na falta de empenho da equipe em matar a partida com mais gols -, esta deve ser direcionada a Dentinho. Após firmar-se como o artilheiro do Timão na temporada, o camisa 17 voltou a apresentar sua vertente firuleira e “cai-cai”, fazendo com que o árbitro deixasse de marcar as faltas sofridas pelo mesmo.

Em função disso, o técnico Mano Menezes acabou sacando-o da equipe, dando chance ao renegado Jorge Henrique (o qual, segundo rumores, estaria negociando sua saída para o Fluminense em razão da falta de oportunidades na equipe titular do Timão).

O camisa 23 voltou a mostrar seu futebol aguerrido, mandando um chute cruzado da esquerda, de fora da área.

E foi só.

O Timão se classificou com a melhor campanha e adquiriu a relativa vantagem de decidir as próximas fases no Pacaembu.

Entretanto, não devemos nos empolgar muito com este panorama, visto que nas últimas participações na Libertadores ocorreu o mesmo.

Devemos deixar a idéia de favoritismo de lado e percebermos que o torneio começa para valer a partir de agora.

E teremos um difícil embate já na próxima quarta-feira, contra o Flamengo.

O rubro-negro está passando por um momento crítico de reestruturação. Após conquistar o Brasileirão 2009, viu o surgimento e a queda do “Império do Amor”.

Crises diárias acometeram a Gávea, bem como o noticiário esportivo, social e policial. A presidente Patrícia Amorim pretende colocar ordem na casa, fazendo uma varredura no departamento de futebol do clube, tornando-o mais profissional.

Para o cargo do bonachão Andrade são cogitados Joel Santana e Muricy Ramalho.

Uma coisa é certa: independente de quem seja o novo treinador rubro-negro, será imprescindível ao Flamengo apresentar um bom resultado já na próxima quarta-feira, no Maracanã.

Portanto, a equipe do Corinthians precisa estar pronta para entrar no meio do olho do furacão.

Teremos Ronaldo de volta?

Será que o Fenômeno conseguirá superar os problemas pessoais – bem como possível excesso no consumo de cigarros, conforme noticiado pela imprensa -, e voltar a apresentar o futebol de 2009?

O goleiro Felipe conseguirá curar sua lesão (ou resolver eventuais pendências financeiras) em breve?

Não tenho qualquer dúvida de que temos uma equipe apta para disputar o título da Libertadores. Aliás, arrisco mais: não vejo equipes no torneio com nível técnico superior ao do Corinthians.

Porém, não podemos cair nas mesmas armadilhas de sempre.

fabiosallum.blogdotrio@gmail.com

http://twitter.com/FabioSallum

http://www.formspring.me/FabioSallum

Anúncios

Responses

  1. Fábio,
    Nós sabemos que jogos da Libertadores normalmente são difícieis, amarrados e feios, mas ontem o jogo foi massante.
    Tá certo que o Corinthians já estava classificado, o Independente desclassificado e se ganharmos todos os jogos de 1 x 0 seremos campeões, mas que o jogo foi chato, foi..
    Gravei o gol :

    O chute do Roberto carlos no Travessão:

    e uma imagem bonita da torcida:

    abçs

    João

    Fábio Sallum: João, realmente foi um jogo difícil de assistir.

    Já estávamos classificados, mas nessa hora a equipe tem que respeitar o torcedor que pagou até R$ 500,00 para ver os jogadores tocando a bola de lado.

    Agora a Libertadores começa de verdade!

    Abraços!

  2. Fabio,

    concordo plenamente com a imaturidade do Dentinho! Ele joga muita bola quando joga com objetividade. Precisa alguem orienta-lo a parar com as quedas desnecessárias e aprender a dar menos cotoveladas (ele não é tão bom quanto o Rincon!).
    De resto, independente da qualidade do grupo, tivemos 5 vitórias e um empate (com um gol impedido do adversário), ou seja, fizemos a obrigação.
    Definido o adversário das oitavas, basta aguardar o grande mistério: Quanto vai ser a extorsão do torcedor nas fases finais?

    Fábio Sallum: O Dentinho não pode esquecer da necessária objetividade.

    Foi somente com ela que ele conseguiu ser artilheiro da equipe.

    Espero que coloque a cabeça no lugar novamente, antes de entrar no gramado do Maracanã.

    Vitor, eu não quero nem pensar no preço dos ingressos nas fases finais.

    Do jeito que está, o Timão vai ter que abrir linhas de crédito para que o torcedor compre seu ingresso.

    Abraços!

  3. Não é exagero nenhum afirmar que a Libertadores começa agora para o TIMÃO. Sem no entanto tirar o mérito do grupo pela 1ª fase produtiva demais. Também não entro no “bolo” daqueles que acham que nosso grupo no torneio era fraco. Todos os grupos tinham suas molezas e suas pedreiras. Só que aquele torneio classificatório acabou. Daqui prá frente é “pau na jaca”. O “talo agora é duro”. Mata mata não permite erros. Agora deveremos ter a consistência defensiva que o Mano tanto gosta. Nosso meio não poderá jogar um futebol enrrolado como nos proporciona o Danilo. Também não permitir-se-a um Fenômeno agarrado a antigos amores. Acima de tudo está o CORINTHIANS. Não nos esqueçamos que em duas oportunidades que o “gordo” teve para jogar contra a “mulambada”, em ambas ele “amarelou”. VAMOS LÁ CORINTHIANS!!!…

    Fábio Sallum: A partida contra o Flamengo vai ser casca.

    Enfrentar time grande em crise é sempre um problema.

    O Flamengo vai querer fazer da próxima partida a melhor do ano.

    Espero que possamos contar com Ronaldo desta vez!

    Começou a Libertadores pra valer!

    Abraços!

  4. Fala Fabião!
    Que dois golaços NÃO fizeram RC e Chicão hein!! Tinha que ser um gol bobo, contra, uma clássica vitória de 0,5×0… Jogo xôxo, credo! Você acredita que o timão jogou assim, só pra administrar, ou acredita que a situação anda crítica mesmo? Não podemos esquecer claro, que o gol de Bobadilla foi alvo certeiro por diversas vezes até sair o gol. Mas… e se fosse o Flamengo? Como o time teria se portado ontem? Se fosse dessa mesma forma, estariamos eliminados…

    Aliás, cadê a tal vantagem de ser o primeiro? Desde quando jogar logo de cara com o Flamengo é vantagem pra alguém? rsrsrs Ao menos esperamos que seja um belo jogo, tem tudo pra ser….

    E você acha mesmo que Ronaldo e Felipe enfrentam problemas pessoais e financeiros (respectivamente)? Para mim pelo menos, o Felipe se mostrou bem sincero em seu esclarecimento sobre o assunto…

    E agora é ansiedade e muita torcida pra quarta feira!!!

    Abraços

    Fábio Sallum: Fala, Felipe!

    O jogo foi realmente horroroso, hein?

    Como eu tenho dito aqui, o Corinthians ainda não fez nenhuma partida apresentando um futebol vistoso.

    Mas no último jogo, ficou clara a falta de empenho em agredir o adversário.

    Pena que Roberto Carlos e Chicão perderam aquelas oportunidades. Seriam dois golaços!

    Acredito que a postura contra o Flamengo será diferente.

    Ao que parece, Ronaldo está passando por um grave problema familiar. Não sei se realmente é isso, mas algo realmente tem feito o Fenômeno perder o foco no futebol.

    Quanto ao Felipe, ouvi alguns rumores no Parque São Jorge de que ele estaria insatisfeito com o seu salário, se comparado com o de outros atletas, tais como Edu e Marcelo Mattos.

    Eu gosto muito do nosso arqueiro, mas a conturbada relação entre ele e a diretoria vem desde a queda do time para a Série B.

    Seja problema físico, seja financeiro, a questão é uma só: esperamos que Felipe volte logo a defender nosso gol!

    Abraços!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: