Publicado por: Blog do Trio | 06/04/2010

Será o Rei da Copa?

Amigos do Trio,

Nunca escondi de ninguém que sou fã do Argentino Lionel Messi.

El Pibe, como é chamado na Argentina, foi eleito pela FIFA como o melhor jogador do ano passado.

Honra mais que merecida.

Jogando um futebol genial, Messi conduziu o Barcelona a nada mais, nada menos, que o título da Uefa Champions League e do Mundial de Clubes.

E hoje El Pibe voltou a aprontar das suas.

Barcelona e Arsenal disputavam, na Espanha, a classificação para as semi-finais da atual edição da Champions.

O primeiro jogo, em Londres, acabou empatado por 2×2.

O Barça jogava por um empate de 0x0 ou 1×1.

Mas, quem tem Messi, não joga pelo empate.

4×1 Barcelona, com, simplesmente, 4 gols de Messi.

Arsène Wenger, técnico do Arsenal, definiu Messi como um “jogador de PlayStation“.

Para mim, é mais que isso! Messi é a maior revelação do futebol mundial dos últimos 10 anos.

El Pibe comemora um dos seus 4 gols contra o Arsenal

Concilia, com apenas 22 anos, rara habilidade, com uma excepcional visão de jogo. Imaginem então o que não estará jogando aos 26, 27 anos?

Será definitivamente eternizado com a camisa do Barcelona se ganhar a atual edição da Champions. Nem tanto pelo título, mas, sim, pois a final será no Santiago Bernabeu, casa do maior rival Real Madrid.

E é impossível não ter a expectativa do que Messi não poderá fazer na Copa do Mundo.

É impossível não acreditar que ele fazer em 2010 o que Maradona fez em 1986.

Entretanto, vale lembrar que pela Seleção Argentina ele nunca conseguiu repetir as atuações pelo Barcelona. A pressão por ser o novo Maradona é gigantesca. Piorou quando lhe deram a Camisa 10.

Impossível não comparar!

As comparações são inevitáveis.

Juntos, os 2 maiores jogadores da história do Futebol Argentino

Juntos, os 2 maiores jogadores da história do Futebol Argentino

De outro lado, temos, também, a “maldição do melhor do mundo”.

Em 1994, Baggio era o melhor do mundo. Perdeu.

Em 1998, Ronaldo era o melhor do mundo. Perdeu.

Em 2002, Figo era o melhor do mundo. Não só perdeu, como foi eliminado na primeira fase.

E em 2006, Ronaldinho Gaúcho era o melhor do mundo. Foi, junto com o time, uma decepção total.

Se os Deuses do Futebol me permitissem apenas um pedido, pediria um Messi jogando tudo que sabe na Copa, mas com o Brasil vencendo a final contra a Argentina!

Aurélio Camargo

aurelio.camargo@blogdotrio.com.br

Siga-me no Twitter: http://twitter.com/aureliocamargo

Anúncios

Responses

  1. Meu, vc tem tudo de ruim que alguém pode ter..
    É são-paulino e argentino…
    Vai se foder… vc merece morrer

  2. Os dois maiores? Os antigos dizem que o DiStefano foi “muito mais boleiro”. Tenho 36 anos, mas pera lá!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: