Publicado por: Blog do Trio | 21/03/2010

O futebol como ele é

Amigos do Trio,

Nesta manhã de domingo fui, mais uma vez, assistir a um dos maiores espetáculos para aqueles que amam o futebol de verdade.

Acompanhando amigos que ainda não tinham vivido essa emoção, fui os estádio Conde Rodolfo Crespi – a Rua Javari – assistir ao meu Juventus contra a Penapolense, pela Série A – 3 do Campeonato Paulista.

Chegamos, paramos o carro na porta e nos dirigimos à bilheteria para comprar, tranquilamente, nossos ingressos.

Inteira: R$ 10,00.

 

Movimentação tranquila na saída do jogo

 

Trata-se de uma experiência única, principalmente nos tempos de tira-teima, grandes arenas, craques milionários, etc..

Lá o futebol é jogado como antigamente.

O estádio é confortável e acolhedor.

Sente-se em casa quando se está na Javari.

Mas o mais mágico é a proximidade da torcida com o jogo.

Ouve-se os gritos dentro de campo, conversa-se com o técnico no banco de reservas (fizemos isso durante a partida), além de se discutir com o bandeirinha.

Lá o torcedor participa da espetáculo.

Torcedor tranquilo assiste a um momento de tensão do jogador reserva da Penapolense. Aqui a torcida joga junto.

 

Acredito que poucos amantes do futebol viveram essa experiência de observar um jogo de forma tão simples e romântica.

Principalmente as novas gerações não sabem o que estão perdendo ao poderem, ainda,  assistir a jogos assim.

Ali está a essência do esporte: vontade, garra, talento e improvisação.

No Juventus a atração é o jogo. Não há  hits no intervalo, mascotes de pelúcia, dançarinas na beira do campo. 

A torcida juventina sempre com o time e infernizando o goleiro adversário.

 

Outra marca registrada da Rua Javari é o famoso canolli: canudinho de massa folhada com recheio de creme. 

 

Canolli e Juventus: duas paixões!

 

São coisas como estas que fazem de São Paulo uma cidade encantadora.

Poucos clubes são tão tradicionais como o Juventus.

Além disso, o time, a torcida e o estádio parecem ser como querem ser, sem grandes badalações, movimento e confusão.

Na Javari a torcida parece estar vendo ao jogo do filho no campeonato da escola. A paixão está por todo lado.

Torcida inebriada…

 

Enfim, essa é a mágica Rua Javari.

Quem conhece não esquece, quem ainda não conhece tem que ir.

Ah! O jogo acabou 1 x1.

 

guilherme.mendes@blogdotrio.com.br

http://twitter.com/guirmmendes  

Anúncios

Responses

  1. Hehehehee!!!!!
    O Palmeirense precisa mesmo de outras opções pra assistir ao Futebol.
    Sensacional, mas você não precisava cair pra A-3 né?
    Coitado do porco.

  2. vai mesmo trocer para outro time

  3. Guilherme,
    Parabéns pela matéria.
    Realmente, a sensação é única. Além de conseguir ouvir a batida na gorducha é muito legal ficar a 1,5metros do bandeirinha pra “elogiá-lo”, é coisa que só dá pra acreditar vendo.
    Os santistas de plantão, como eu, deveriam conhecer a Javari, pois foi lá o cenário de um dos gols mais bonito do nosso Rei.
    Saudações Santista…..
    Abraços !!!!

  4. já já o seu Palmeiras jogará lá contra o seu juventus.

    E o juventus não vai subir de divisão …..

  5. Calma que em breve vc terá o prazer de ir ver um “clássico” entre o seu palmeiras e o juventus, lá na javari!!!!!!

  6. Suíno, Muda logo de time q vc ganha mais!

  7. Depois de hj, acho que vc ganha mais mesmo indo torcer para o juventus!!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: