Publicado por: Blog do Trio | 28/12/2009

Quanto vale um vice?

Amigos do Trio,

Sabemos que no Brasil, impera a cultura do “vice não vale nada”.

Costumamos dizer que o vice-campeão é, na verdade, o melhor dos piores.

Sempre que nosso time perde, nunca reconhecemos a luta, a batalha.

Nem, tampouco, reconhecer que o adversário possa ter sido melhor.

Exemplos não faltam.

O maior é a derrota da Seleção na Copa de 1998.

Até CPI para “apurar” os motivos da derrota instauramos no congresso.

Ninguém nunca ousou dizer que a França foi melhor. Que jogou mais que a Seleção Canarinho e venceu a partida.

Muitos chegaram até a acreditar naquela história ridícula de que havíamos entregue o jogo em troca de sediarmos a Copa de 2002.

Exemplo raro de reconhecimento de um trabalho muito bem feito, mesmo sem a conquista do título, foi o dado pela torcida do Estudiantes de La Plata, após a derrota na final do Mundial.

10.000 pinchas foram recepcionar o elenco no Aeroporto de Ezeiza, conforme podemos ver no vídeo abaixo:

 

 

Em La Plata, outros 20.000 aguardavam a chegada da delegação.

Parecia que o gol de Messi havia sido marcado, na verdade, a favor de seus compatriotas.

Nada mais que o reconhecimento por toda a batalha do time, que, mesmo com um elenco infinitamente inferior ao do poderoso Barcelona, segurou um resultado favorável até os 44 do segundo tempo.

Afinal, o único jogador de destaque no time Argentino é o já veterano Verón.

Um exemplo a ser seguido pelos Brasileiros.

Se fosse por aqui, provavelmente, culparíamos o time por ter perdido o título aos 44 do segundo tempo.

Provavelmente, a torcida faria uma caça às bruxas sobre os jogadores que possivelmente tivessem falhado no gol do Barça.

Por isso que a cada dia mais aprecio a forma como o Argentino torce. Dá gosto ver um jogo envolvendo uma equipe Argentina só pela torcida. 

Diferentemente do Brasil, lá não é o time que leva a torcida, mas sim a torcida que leva o time, o que se aplica a todas as nossas torcidas, incluindo as tidas como de massa, como Corinthians, Atlético-MG ou Flamengo.

Ou seja, que aprendamos um pouco a torcer com os Argentinos, sabendo apoiar o time, e, nos momentos certos, valorizar um vice-campeonato.

Aurélio Camargo

aureliocamargo.blogdotrio@gmail.com

http://twitter.com/aureliocamargo

 

Anúncios

Responses

  1. Un gran saludo de todos los pinchas de La Plata

  2. aurélio, a questão não é o vice campeonato, é torcer independente do resultado. Se tudo no futebol fosse só titulos, times como a ponte preta e a lusa não teriam mais torcida e o spfc seria o maior time do país(é só a 3º mesmo tendo o morumbi).
    A questão é saber torcer pelo time e não pelas glórias, já q os titulos passam, e podem ficar escassos, como aconteceu com o corinthians e com o palmeiras, e aí? como é que fica um time sem titulos durante anos? vai desaperecer? ficar sem torcida? vai jogar para um estádio vazio?
    Sou corinthiano, não tô nem aí para a libertadores, não corri desesperado atrás de ingressos, vou assistir jogos do paulistão e depois no brasileirão, não tenho apego nenhum por títulos, cresci ouvindo meus tios contando histórias da época da “grande fila”, eles diziam q não tinham esperanças de verem o timão campeão e qdo viram, não acreditaram, eu já vi várias vezes, então o q vier é lucro…
    Oh, meu Deus, até quando nós corinthianos, teremos q ensinar os são paulinos torcerem.
    Os títulos, o estádio, nada disso é mais importante q torcer para o time de coração, coração de verdade, sem querer nada em troca. Amor é incondicional, não existe amor em uma relação q exige compensação.

    Fábio,
    Belo texto!
    Concordo com tudo!
    Feliz 2010!
    Abs,
    Aurélio Camargo


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: