Publicado por: Blog do Trio | 22/12/2009

Erro atrás de erro.

Nação Tri-Mundial,

E como se fala da história do Oscar.

História, aliás, das mais mal contadas que já vi.

Ninguém fala nada com nada.

Hora falam de atraso no pagamento. Hora o clube não cumpriu um aumento salarial acordado. Hora falam em atraso no FGTS.

Enfim, hipóteses não faltam.

A verdade, é que a liminar ninguém viu.

Tentei obtê-la junto site ao Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região. Contudo, sem sucesso, eis que a corte entrou em recesso no dia 18, data em que a decisão foi proferida.

Apenas com a decisão em mãos poderemos esclarecer os reais motivos que a fundamentam.

Mas, independentemente, podemos concluir que todo esse imbróglio é, na verdade, uma sucessão de erros, de ambas as partes.

Primeiro, da diretoria do SPFC.

Tenho visto blogueiros especializados na cobertura do clube pautando-se pelo ataque puro e simples ao garoto.

Colocando-o como o único vilão da história. O verdadeiro judas que, do nada, resolveu trair o clube que lhe deu tudo na vida.

E não é bem assim não.

A diretoria tem lá sua parcela de culpa.

Em que pese tratar-se de uma decisão liminar, ou seja, proferida sem a oitiva da parte contrária, ao menos algum fundamento concreto foi levado ao juiz.

É o que no direito chama-se de fumus boni juris, ou “fumaça do bom direito”. É, ao lado do periculum in mora (ou perigo na demora)  um dos requisitos para a concessão da medida liminar. 

Ou seja, não se consegue uma decisão desta espécie apenas com vagos argumentos.

Assim, tudo indica que alguma falha na condução do contrato do jogador houve.

Em resumo, se tivessem feito tudo certo, nada disso estaria acontecendo.

Entretanto, o jogador também não é isento de culpa na história.

Será que essa era a melhor maneira de resolver a questão?

Será que ele estava sendo tão mau tratado assim no clube, a ponto de ir buscar seu desligamento da forma mais traumática que existe, que é a judicial?

Todos no clube apostavam muito em Oscar.

Era tido como o novo Kaka.

Tinha tudo para seguir os mesmo caminhos do ídolo.

Mesmo com a fama de “amarelão”, decorrente de todos os pênaltis perdidos em momentos decisivos, jamais deixaram de acreditar no jogador.

Vejo a questão como, na verdade, mais um jovem e humilde jogador que acabou ludibriado por pessoas gananciosas.

Caso perca a batalha judicial, não terá mais clima no clube. Terá muita sorte se for negociado. Caso contrário, pode ficar no ostracismos até o final do contrato, em dezembro de 2012.

Caso vença, e fique livre para acertar com outro clube, carregará uma forte pressão, por tudo que já ocorreu na sua carreira.

Ainda mais se for jogar no Corinthians, como anda-se especulando.

Ou seja, em ambas as situações, perdem as duas partes.

Aurélio Camargo

aureliocamargo.blogdotrio@gmail.com

http://twitter.com/aureliocamargo

Anúncios

Responses

  1. Ele era um amarelão de primeira!!

  2. Parabéns pelos comentários isento!

    Vou entrar de férias e ficarei um mês longe. Aproveito para desejar ao trio um feliz natal e ótima passagem de ano. Que seja um 2010 excelente para todos vcs.

    um grande abraço

    Fernando,
    Um feliz natal e um excelente 2010 para vc também!
    São os votos não só meus, mas de todos o Trio!
    Abs,
    Aurélio Camargo

  3. COMO JA FALEI DA OUTRA VEZ E VOCE NAO PUBLICOU,PAU QUE BATE EM CHICO,BATE EM FRANCISCO.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: