Publicado por: Blog do Trio | 07/12/2009

Reação Tardia

ATLÉTICO/MG 0 X 3  CORINTHIANS

Nação Corinthiana,

Quem diria que após desempenhos tão pífios no segundo semestre deste ano, teríamos uma surpresa na última rodada do Brasileirão?

E os responsáveis por este feito seriam os reservas do Timão, em especial os tão criticados Souza e Bill?

O Timão foi no último sábado a Belo Horizonte para encerrar sua participação no Brasileirão de 2009, diante do Atlético/MG.

Dono de um dos melhores elencos do país, o Corinthians negociou importantes atletas após as incríveis conquistas do Paulistão Invicto e da Copa do Brasil. Neste passo, não conseguiu trazer peças de reposição que suprissem as carências da equipe, que, em razão da vaga conquistada na Libertadores,  entrou em ritmo de férias e se limitou a cumprir tabela na segunda metade do ano.

Desta forma, após uma sequência péssima de partidas, não se esperava muita coisa desta última partida, na qual o Corinthians teria apenas 3 titulares em campo: Elias, Defederico e o sempre ótimo Jorge Henrique.

Em um Mineirão encharcado, com pouco mais 5 mil testemunhas, Defederico mostrou um pouco do futebol que dele esperamos, mandando um belo chute na trave. Mesmo com a péssima situação do campo, o argentino deixou ainda mais nervosos os atleticanos, que vinham sendo hostilizados pelos seus próprios torcedores.

O Timão não teve dificuldades em neutralizar o Galo e dominar a partida. E logo aos 17 minutos, Souza conseguiu realizar seu maior feito com a camisa do Corinthians: da entrada da área, mandou a bola firme no canto esquerdo da meta atleticana, abrindo o placar sobre o time da casa.

Desesperados, os mineiros se lançaram ao ataque de maneira atabalhoada, errando passes e cruzamentos, não dando muito trabalho à defesa corinthiana.

Foram assinalados dois pênaltis nos minutos finais do primeiro tempo. Um para cada time.

Do lado corinthiano, Defederico foi derrubado e Souza guardou o segundo dele na partida. Já do lado atleticano, Diego Tardelli foi derrubado e bateu, mas foi impedido de marcar por Júlio César, que cumpriu sua função da maneira correta, sem protestos ou outras frescuras.

No segundo tempo, o panorama não foi muito diferente. O Atlético/MG se arriscou mais ao ataque, mas parou nos erros de atletas como Evandro, que saiu vaiado de campo. No lugar de Souza, Bill aproveitou um erro do goleiro Carini e tocou a bola para o gol vazio, ampliando o placar – e a revolta da torcida atleticana.

Após a partida, o técnico Celso Roth foi demitido.

O Corinthians encerrou o Brasileirão 2009 em décimo lugar – posição ocupada durante muitas rodadas. É muito pouco para uma equipe como o Timão, mas a justificativa oficial é que o Nacional foi sacrificado em prol do planejamento para o ano do Centenário.

Como é praxe no futebol brasileiro, o ano de 2010 será muito importante para o Coringão e, especialmente, para sua torcida. E é bom não decepcionar essa massa apaixonada, que está tão confiante na conquista de títulos nos 100 anos do Todo-Poderoso.

Afinal, ninguém quer ter um centenário igual ao do Internacional, que morreu na praia na Copa do Brasil e no Brasileirão.

E, nem de longe, parecido com o do Coritiba, cujos torcedores protagonizaram um espetáculo vergonhoso para nosso futebol.

fabiosallum.blogdotrio@gmail.com

http://twitter.com/FabioSallum

Anúncios

Responses

  1. “Contra um time de meninos, o Flamengo só corre o risco de ser mais uma vítima do imponderável do futebol no jogo de amanhã contra o Grêmio.
    Mas, talvez, corra mais risco do que o Cruzeiro contra o time titular do Santos.
    Porque os meninos, às vezes, são mais perigosos que os experientes, cobras criadas, craques na dissimulação.
    Ou não foi o que se viu quando o Flamengo enfrentou o Corinthians?
    Repita-se: o Flamengo não tem nada com isso e o Grêmio só ganhou um jogo fora de casa neste Brasileirão, assim como a campanha do Corinthians, mesmo no Pacaembu, foi um fiasco.
    Se juntar, aliás, o melhor do Grêmio com o melhor do Corinthians, der o nome de Mosqueteiros FC e puser para jogar amanhã no Maracanã, o Flamengo seguirá favorito absoluto.
    Há que lembrar, no entanto, que o lema dos Mosqueteiros de Alexandre Dumas era “Um por todos, todos por um”, ao passo que para corintianos e gremistas o que vale apenas é o próprio umbigo.”

    Não que eu queira provar alguma coisa Fábio… mas dou um doce pra quem adivinhar de quem são estas belas palavras…

    Fábio Sallum: Entendo seu ponto de vista sobre o Juca.

    Mas todo exercício de adivinhação sobre eventos futuros é falho.

    Quem o faz acaba se expondo demais a resultados adversos.

    Abraços!

  2. Fábião, o time mostrou melhoras (tá certo q o Atlético não tem time) mas teve pontos q achei muito positivos, tais como o Defederico… tem potencial o muleque… gosto muito também do J. César… acho um ótimo goleiro…
    o Bonecão de Olinda resolveu mostrar o ar da graça… só espero q não mantenham ele só por causa desse joguinho… sobre o Juca, nem comento… ele é igual o Casagrande… quer ser tão imparcial q acaba sendo parcial, sempre contra o Timão.. não sentiria falta alguma se ele deixasse sua profissão e talvez até assistiria alguns programas em q não assisto por sua causa…
    Concordo com vc q é bom o Timão colocar as barbas de molho pra não dar vexame no Centenário afinal exemplos é o q não faltam…
    Abraços véio….
    Vai Corinthians!!!!!!!!!!

    Fábio Sallum: O Defederico tem potencial mesmo, apesar de já ter reclamado algumas vezes do trabalho físico que está sendo realizado.

    Tem muita gente que acha o Júlio César um goleiro mediano, acusando-o de ter “braços curtos”.

    Eu gosto do garoto e acho que ainda será um grande goleiro.

    Acho que o jogo de sábado fez Souza garantir sua vaga no time em 2010.

    Por enquanto, as contratações realizadas pelo Timão para a Libertadores não me agradaram.

    Vamos aguardar até 5 de Janeiro!

    Abraços!

  3. Não me refiro ao trabalho de “vidência”. E sim a visão e o preconceito que ele contra o próprio (???) time.

    Primeiro que a questão de entregar ou não o jogo ao Flamengo é muito relativa. Na partida não se viu nada que pudesse despertar tal reação do suposto corinthiano. Você não acha exagero chamar os jogadores do Corinthians e do Grêmio (que ainda nem tinha jogado na ocasião), de cobras criadas, craques da dissimulação e egocêntricos? (tudo baseado em suposições)

    Pra mim isso representa ruína total de credibilidade.

    Segundo, dizer que a junção do melhor dos dois times não faria frente ao Flamengo é de uma insanidade grave. Coisas de quem não consegue segurar para si a parcialidade, a mediocridade e a insensatez de análise.

    Você tem todo o direito de achar lógica nas declarações do jornalista em questão, mas pra mim e pra milhares de outras pessoas (vide os comentários negativos nos posts do blog dele) ele já passou da hora de se aposentar.

    Sinceramente, nesse caso só tenho elogios à diretoria Corinthiana: eu vi um exemplo de democracia ao deixarem esse senhor (que provavelmente é um são paulino enrustido) participar do filme sobre 77.

    Fábio Sallum: O Juca Kfouri é conhecido pela polêmica causada pelos seus textos e pontos-de-vista.

    A questão dele ter participado do filme “23 anos em 7 segundos” não tem nada a ver com a diretoria, que notoriamente não o suporta.

    O presidente do clube não pode interferir na criação deste tipo de material histórico.

    Abraços!

  4. ão, ão ão, Souza é seleção? rs
    Depois dos gols eu pensei: “agora que o Mano vai querer mantê-lo.”

    Que venha 2010 e que o time de masters que estamos montando faça um bom ano.

    Fábio Sallum: Isso está me deixando realmente preocupado.

    Acho que vamos disputar a Libertadores de Showbol!

    Abraços!

  5. Eu “desconformo”… 3×0 com gols de Souza e Bill foram de mais pra minha cabeça! E aliás um golaço o primeiro! rsrs

    E só Deus pra saber o que nos aguarda em 2010!!! Pena, sinceridade, PENA não ter o time de verde na liberta… Ah como eu queria ver o timão passar por cima dele! =/ hahahahaha

    É isso aí! Que venha um centenário brilhante, a altura deste país chamado Corinthians!!!

    Abraços!!!

    Fábio Sallum: Onde estava esse futebol do Souza e do Bill no restante do ano?

    Será que são como aqueles corredores de Fórmula 1 que funcionam melhor na chuva?

    Vai entender!

    O Timão não merece menos do que um centenário brilhante!

    Abraços!

  6. Blefe. Juca é São Paulino. A maior mentira do jornalismo depois daquele que disse que torce para a Ponte Preta.
    Para eles Feliz 2009.\
    http://colunas.globoesporte.com/bolanascostas/2009/12/07/para-limpar-a-casa/

    Fábio Sallum: O pessoal do Bola nas Costas é muito divertido.

    Abraços!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: