Publicado por: Blog do Trio | 01/12/2009

E assim vamos caminhando…

Nação Corinthiana,

Após ficar alguns dias fora, sem sequer ter acesso à internet, fui surpreendido com o que vem acontecendo com nosso amado Corinthians nos últimos tempos.

O pífio desempenho da equipe já se tornou costumeiro nesta reta final de Brasileirão. Além de não jogarmos bem, ainda servimos de tábua de salvação das equipes que lutam pelo título ou para fugir do rebaixamento.

Tal desleixo de atletas e dirigentes, que, com a cabeça no tão falado “projeto” do Centenário, esqueceram de viver o restante de 2009, atingiu seu ápice na tarde do último domingo. Após muito bla-bla-blá na imprensa, (re)vimos um Corinthians sem alma em campo.

E, para piorar, os jogadores alvinegros demonstraram um nervosismo fora do comum. É verdade que a arbitragem de Evandro Roman foi uma das piores atuações que já pude presenciar, mas são injustificáveis as atitudes de Mano Menezes, Elias, Chicão e Felipe.

Este último protagonizou um papelão ao “protestar” durante a cobrança do vergonhoso pênalti marcado a favor do Flamengo. Como muito bem ressaltou Leonor Macedo em seu belo e apaixonante texto, “o melhor protesto que ele podia ter feito ali era agarrar o pênalti e honrar os milhares de corinthianos que estavam na arquibancada“.

Aliás, é justamente isso que está faltando ao Corinthians: honrar sua torcida. Apesar de torcer para que o Flamengo desbanque São Paulo, Palmeiras e Internacional na luta pelo título, é inadmissível ao verdadeiro espírito corinthiano a “entrega” de uma partida assim.

Obviamente, essa honraria em nada se confunde com a igualmente vergonhosa doação da renda do jogo Corinthians X Flamengo para as torcidas organizadas que tratarão dos 100 anos do Timão em seus enredos. Mais uma vez ajudados pela diretoria, com que autonomia tais grupos poderiam – em tese – cobrar dirigentes e fiscalizar o clube?

Neste redemoinho, parabenizo a iniciativa do Movimento Rua São Jorge, que se posicionou contra esta absurda transferência de dinheiro do futebol para o carnaval, acarretando os prejuízos do clube. Atitudes como esta me fazem acreditar que ainda há grupos que prezam pelo bem do Corinthians, e não por seus próprios interesses.

Já o torcedor comum está cansado de tanta ladainha sobre a preparação para 2010, a qual não consegue ver sendo realizada em campo.

Felizmente, falta apenas uma semana para o fim desta tortura.

Pois falta de garra e de raça não combinam com o Corinthians.

fabiosallum.blogdotrio@gmail.com

http://twitter.com/FabioSallum

Anúncios

Responses

  1. Fabio.. se eu fosse vc, nao ficaria d muito agrado com esse pessoal da Movimento Rua São Jorge

    Sao os mesmos q outro dia estava brigando com o pessoal da INDE no centro da cidade!

    Fábio Sallum: Pessoalmente, eu não conheço o pessoal da RSJ.

    Mas essa atitude, a despeito das outras, foi acertada e deve ser exaltada.

    Abraços!

  2. Fala Fábio, blza?

    E quando eu achei q tinha terminado de ser envergonhado ainda aparece o tal jornal com o título “Doce Derrota”.

    Como estava no texto da Leonor, nem a vergonha de 2007 foi maior…

    Fábio Sallum: A Leonor Macedo soube sintetizar bem o sentimento que tomou conta de nós nesse fim de semana.

    Essa manchete do jornal “O Fiel” foi infeliz e vai contra o próprio corinthianismo.

    Abraços!

  3. Fábião, concordo e discordo de certos pontos do seu post…
    Concordo com vc q a diretoria, comissão técnica e jogadores deixaram de lado esse resto de ano e dessa forma desrespeitaram o (como eles dizem) Maior Patrimonio do Clube, sua torcida… Corcordo também q doar renda pra organizada é vergonhoso e revoltante… e concordo q o Felipe devia ter pulado na bola no penalti…
    só não concordo quando vc fala q o Timão entregou o jogo pq o time vem jogando mal à muitas rodadas e ninguém falou isso quando perdeu pra outros times, só agora pq o Flamengo está brigando pelo título… o time estava muito nervoso (num sei pq) e os desfalques atrapalharam… acho q se existe um projeto, este tem q ser revisto e refeito pq não me parece q está funcionando em TODOS os pontos…
    Abração véio…..
    Vai Corinthians!!!!!!!!!!!!!

    Fábio Sallum: Wagner, acho que não me fiz claro no meu texto.

    O jogo de domingo foi apenas um reflexo desta pífia campanha do time no Brasileirão, após a conquista da Copa do Brasil.

    O Corinthians não entregou a partida contra o Flamengo. Ele entregou o campeonato.

    Quando será que o tal projeto vai ser colocado em prática?

    Abraços!

  4. Sallum, que bom que você voltou….
    Bom, quanto ao Felipe, concordo inteiramente com você. Ele não pode “protestar” por conta própria em nome de todo um time.
    Entretanto, não acho que o Corinthians tenha entregado o jogo. Assim como disse ao Guilherme, o rendimento do Timão nesse semestre foi lamentável, então, porque esperaram uma vitória brilhante agora?
    Não devemos apoiar a apatia em que se encontra o Corinthians, mas daí a corroborar as especulações de são paulinos e palmeirenses, que jogam a culpa da própria incompetência em nós, é um pouco demais!

    Corinthians grande, SEMPRE!!!

    Fábio Sallum: Jung, em nenhum momento eu corroborei as especulações dos nossos rivais, que tentaram jogar fumaça sobre nós para cobrir sua própria incompetência.

    O desempenho no domingo foi o ápice de um segundo semestre a ser esquecido.

    Abraços!

  5. Sobre o dinheiro para o Carnaval, também acho errado. Mas entendo o pensamento da diretoria. Eu não faria, mas entendo.

    Sobre o que NÃO aconteceu domingo, acho que tudo tomou proporções muito grandes. Não existe motivo para desconfiarem da lisura do jogo de domingo pois todos os eventos (cartões, expulsões, lances perigosos, etc) denotam o autêntico desejo de ganhar.

    Juca Kfouri e essa tal de Leonor estão confundindo , novamente pra variar, o posicionamento político no clube com a questão do desempenho da equipe dentro de campo.

    O Corinthians perdeu do Flamengo. Assim como perdeu do Avaí e do Nautico, por exemplo. Não existe favorecimento. Qualquer corinthiano que desconfie disso precisa rever rapidamente os seus conceitos e parar de entrar na conversa da mídia sensacionalista e dos cartolas que não admitem a própria incompetência na disputa pelo título.

    Fábio Sallum: A postura de um dirigente que financia o carnaval de uma torcida organizada é claro: manter o grupo ao seu lado e minar qualquer tipo de resistência à sua gestão.

    Infelizmente, isso é corriqueiro no futebol.

    Repetindo as atuações anteriores, faltou ao Corinthians a gana de vencer.

    A Leonor expôs um desabafo, um tanto inocente em alguns pontos. Mas é uma visão a ser respeitada.

    Só não entendo essa perseguição ao Juca Kfouri, declarada por alguns blogueiros com intenções pra lá de obscuras.

    Abraços!

  6. Nem todo mundo é tão “puro” assim para rejeitar completamente uma derrota para que os arqui rivais não sejam campeões.

    Fábio Sallum: Esse papo de entregar jogo para atrapalhar os rivais é um tanto polêmico e só demonstra a falta de ética e de profissionalismo que ronda o mundo do futebol.

    Abraços!

  7. Caro Fábio,

    Não me identifico com o grupo de corinthianos que estão reclamando do jogo de domingo. Não é difícil entender o motivo de tanta revolta. Ao longo do “campeonato dos pontos perdidos”, a torcida corinthiana foi tratada com doses homeopáticas pelos especialistas do parque São Jorge: três ou quatro derrotas (em casa!), dois empates e uma vitória num clássico para agradar o grande público.

    Quebraram a cara…finalmente! É uma pena que atribuam o fato a falsa polêmica: “entregar ou não entregar o jogo, eis a questão!”. Pois é, futebol não é um botão de liga e desliga. O Flamengo, hoje, é um time melhor que o Corinthians que, por sua vez, não teve motivação alguma o campeonato inteiro. Qual o motivo de tanta surpresa?

    Faço parte do grupo que reclamou da postura da equipe e das escolhas dos dirigentes ao longo de todo o campeonato. Estou com o grupo que não gostou das derrotas contra o Goiás, o Atlético Paranaene, o Naútico, daquele empate sofrível com o Fluminense e tantos outros.

    Você sempre cobrou uma reação mais incisiva da torcida, mas acabou fazendo uma análise pontual, escrevendo mais um texto, entre tantos, que alimenta a falsa polêmica – armadilha criada pela imprensa e pelos clubes adversários.

    O problema não é entregar esta ou aquela partida; o problema foi ter entregue o campeonato! É uma pena que a maioria se limite a julgar o time tomando como exemplo uma única partida. É reduzir a importância do corinthians, pôr em questão o caráter dos jogadores, ceder as artimanhas e ao oportunismo dos torcedores das outras equipes, dividir a torcida (afinal, não dá para medir quem é mais ou menos corinthiano) e, principalmente, pensar no curto prazo.

    Pobre do Grêmio. Se perder, entrega o jogo; se ganhar, aceitou mala branca. A história do clube fica reduzida a uma única partida e o caráter dos jogadores – de uma forma ou de outra – é questionado. Culpa deles? Não. Culpa nossa, pois esquecemos que futebol é um esporte e todo esporte é feito de competição e rivalidade. É a irônia do campeonato dos pontos perdidos, ter que olhar e bisbilhotar a casa do vizinho.

    Sobre o RESULTADO da partida, deixei um longo comentário no post do Guillerme. Mas já adianto, eu gostei da vitória do Flamengo.

    E não desapareça tanto tempo assim…sempre passo aqui para ler seus comentários 🙂

    Abraços,
    Priscila

    Fábio Sallum: Priscila, você mais uma vez sintetizou as coisas de maneira bastante clara.

    O jogo de domingo foi apenas o ponto alto de uma campanha pífia.

    Será que agora as pessoas vão sair do mundo dos sonhos e perceber a situação em que nosso time se encontra?

    Meu intuito não era sumir assim. Estava com um notebook para poder escrever aqui no Blog do Trio, mas fiquei sem internet.

    Praticamente incomunicável.

    Abraços!

  8. Fabião que dureza de domingo. Aliás mais um hein! Para nossa alegria estas dores de cabeça acabam domingo, pelo menos teremos um pouco mais de 1 mês para não ficarmos irritados com o pouco caso do time. Sinceridade não acredito que o Corinthians tenha entregado, mas a atitude do Felipe, aqui entre nós, foi horrorosa! Tão quanto foi o pênalti que não existiu… É por este excesso de garra e vontade do Timão e outros tantos times neste fim de campeonato que sou tão a favor da volta do mata-mata! Aliás, qndo vão repensar nisso? Agora vem o Grêmio e pode destruir o campeonato entregando o jogo pro Flamengo… e sinceramente eu até torço para q assim o faça, para que o Inter possa provar do próprio veneno, mas pode manchar o BR09 pra sempre!

    E ainda pra ajudar, esta palhaçada de renda pra organizadas! Organizadas deveriam ser BANIDAS, eliminadas do futebol para sempre, seja lá qual for a agremiação! Não bastasse entrarem sempre sem pagar (não todos mas a maioria) agora ainda ganham renda? E que torcida que tem cara de cobrar o time que faz corpo mole diante de uma situação dessa?

    Falta pouco pra 2010, graças a Deus!

    Abraços!

    Fábio Sallum: Espero que estas dores de cabeça realmente terminem do domingo.

    Não merecemos sofrer de enxaqueca em 2010!

    Agora é possível entender o silêncio e a conivência das organizadas diante de um futebol tão risível.

    Por muito menos, já vimos brigas e manifestações.

    Nesse samba do crioulo doido, quem dança é o torcedor comum.

    Abraços!

  9. Se disse que agora eh ex-corinthiana, perdeu todo o meu respeito. Leonor macedo, para mim morreu.
    Aliás ela, se matou. e está escolhendo caixao.\o/
    Soube sintetizar o sentimento de nos, virgula, sentimento dela e de mais alguns. Meus nunca. Sou Corinthians apesar de…..sempre., em qualquer circunstancia. Eu e milhoes graças a Deus.
    Simplesmente jogou todos os nossos jogadores, na lama. Chamou a todos de vendidos e picaretas.
    Um maldade, sem tamanho. Colocou todos no mesmo saco. E. para ler o que falou uma mulher corinthiana de verdade, recomendo que leiam o que escreveu sobre o assunto, a Yule. Essa sim, sangue bom.
    E tem mais, esse linchamento publico do Felipe, é uma das coisas mais hediondas e baixas que já pude assistir.
    É duro ver pessoas que detem o poder de formar opiniao, brincar com a vida (vida sim) de outras pessoas e profissionais, com afimaçoes e juizos de valor equiviocados e levianos.
    Se amanha, um bando de imbecis, resolver fazer justiça, com as proprias maos, e resolver ouvir uma mulher imbecil dessas, que nao se faça de surda, pela irresponsabilidade moral e falta de bom senso e equilibrio.
    Já nao basta o que tentaram fazer com Vagner Love, chamando-o de baladeiro entre outras coisas, e quase tivemos uma tragédia.
    Será que nao aprendem a segurar a lingua maldita? Querem o que? Uma morte talvez?
    Ja deu no saco essa perseguiçao absurda.
    E nao adianta esse papo, de olhos fechados que nao cola. Burrice desses “jornalistas” entre aspas mesmo, que nao merecem credito, e muito menos aplausos, nas sandices que dizem.,\

    Fábio Sallum: Acredito que a Leonor tem todo o direito de expor a opinião dela como torcedora.

    Torcedor precisa ter senso crítico. Não pode se transformar em massa de manobra, aplaudindo qualquer coisa que lhe é apresentada.

    Isso não é amor, é masoquismo.

    Quanto ao Felipe, sempre o defendi embaixo das traves. Mas, neste episódio, ele foi anti-desportivo e não hornou a camisa que veste.

    A indignação com os erros de arbitragem não autoriza esse tipo de atitude lamentável.

    Assim como não permite a agressão a atletas por parte de supostos torcedores.

    Abraços!

  10. A perseguição ao JK justifica-se: ele faz de tudo pra criticar o Corinthians. Talvez tentando parecer imparcial, acaba pendendo demais para outros clubes. Pode procurar nos posts dele, e vc verá quantos positivos relacionados ao Corinthians existem.

    Uma pessoa que só vê pontos negativos no clube não se pode dizer Corinthiano.

    Além disso, sabe-se publicamente que ele é padrinho e incentivador de um blogueiro azedo pra lá de conhecido pela sua postura permanentemente crítica e acusatória.

    Não me sinto bem vendo meu clube ser atacado de todas as formas possíveis por pessoas que se dizem corinthianas. Essa é a razão pela qual, eu e mais milhares de pessoas não gostam do JK.

    Sobre o Carnaval, é falácia dizer que a Gaviões derruba alguém. Se fosse assim o Dualib nunca teria durado tanto tempo. Mas não vou dizer que a intenção do Sanches não é essa, talvez seja. Mas olhando por outro lado, tem lógica: nada como utilizar o carnaval para homenagear e promover ainda mais o centenário corinthiano.

    Como eu disse: eu não daria o dinheiro, mas olhando dessa forma, eu entendo os motivos.

    Fábio Sallum: Eu gosto do trabalho do Juca Kfouri, que é um dos mais conceituados jornalistas esportivos do país.

    Por ser um corinthiano apaixonado, ele adota uma linha mais crítica em relação a tudo que envolve o Timão.

    Enxergo no Juca alguém que luta para fazer do futebol – bem como do esporte em geral – uma atividade mais ética e transparente.

    Acredito que os torcedores deveriam refletir um pouco sobre as coisas que ele escreve, deixando de lado certos rótulos que pessoas com interesses escusos lhe atribuem.

    Se uma torcida organizada ou escola de samba existe em função do Corinthians, exaltar e homenagear seu centenário faz parte de sua atividade. Não tem lógica essa ajuda financeira, que acaba criando uma relação suspeita entre diretoria e torcida.

    Todas as iniciativas para resgatar nossa história são válidas. Mas é preciso saber separar as coisas.

    Abraços!

  11. Essa mulher nao eh corintiana, por mais que a defenda. Voce citou certamente porque o Juca o fez, e todos sabemos porque o fez.
    E afirmar que Felipe nao honrou a camisa que veste, eh um absurdo que voce tambem comete.
    Para mim afirmar que nao honrou a camisa, eh o mesmo que chama-lo de vagabundo.
    Isto para mim se chama ofensa, por mais que tente dourar a pilula sobre a retorica de “comentarista isento”.
    Quando voce chama alguem de vagabundo, ou sem honra de vestir a camisa, por acaso nao sabe o risco em que esta colocando a pessoa, nesse caso uma pessoa FELIPE?
    E se alguns desses psicopatas acreditar em voce?
    Voce vai dizer que nao tem nada com isso?
    Claro que tem. E muito. Amigao, precisa crescer e nao entrar nessas de maria vai com as outras.
    FELIPE NAO ENTREGOU. Essa mentira foi colocada e voce mordeu o anzol.

    Fábio Sallum: Thiago, você está distorcendo minhas palavras.

    Cometer um ato que não está à altura da responsabilidade de vestir o manto alvinegro e representar seu brasão não significa ser transformado em vagabundo ou vilão.

    Esse é seu modo de ver as coisas e não tem a ver com o meu.

    O Felipe já mostrou sua qualidade sob as traves corinthianas, mas errou ao fazer um “protesto” descabido.

    Você tem todo o direito de discordar e de criticar meus pontos-de-vista, mas não o de colocar palavras em minha boca.

    Assim como eu sou responsável pelo que escrevo, o Felipe responde pelos seus atos.

    Entretanto, a responsabilidade de cada um não pode extrapolar determinados âmbitos, servindo de embasamento para atitudes bestiais.

    Em nenhum momento eu incentivei o linchamento do atleta, como você procura fazer entender. Apenas ressaltei a falta de profissionalismo de nosso arqueiro durante uma partida.

    Abraços!

  12. Deixo bem claro que sou contra qq ajuda financeira do clube para as TOs sob qq circunstâncias, inclusive as carnavalesca.
    E aí fica dificil ler manifestos de A ou B.
    Meio hipocrita isso, para quem realmente conhece, pelo simples fato de que: atire a primeira pedra quem não tiver pecados.

    Sendo assim… acho que ao invés de se colocar manifestos contra e pró ao carnaval deveríamos era ter cobrado a entrega de toalha do time cerca de 6 meses atrás.

    VAI CORINTHIANS!

    Fábio Sallum: O problema é que a maior parte da torcida estava tão inebriada com as conquistas dos títulos, além de se deixar iludir com anúncios de “galáticos”, que fechou os olhos para certas coisas tão evidentes.

    Essa cobrança tem sido feita semanalmente aqui, do mesmo jeito que você tem realizado nos sensatos textos do seu blog.

    Infelizmente, não é todo mundo que enxerga isso.

    Abraços!

  13. E voce Fabio, como Corinthiano que é, deveria publicar falas de “corinthianos” preocupados em proteger os nossos jogadores, e nao dar voz e apoio a sacatrapas como essa tal Leonor. Se é por ser mulher, recomendo ler a Yule, a Moniquita, e a Larissa, todas com muito mais carater do que essa dai.
    E para finalizar, se voce quiser fazer a gentileza de publicar, pelo menos permitindo que os jogadores e Felipe tenham o direito de defesa, que alias eh negado nos blogs do J. Kfouri e do Paulinho, que ja condenaram por antecipaçao de duas semanas antes desse maldito jogo, o que disse o Mano, e eu acredito muito mais do que essa Leonor.
    “A gente vem cometendo um exagero com a análise desse fato. Existia uma irritação por parte da nossa equipe. Fazia tempo que não via um grupo inteiro irritado depois do jogo. Algumas atitudes foram em função disso. Mas já ouvi muita gente querendo decidir como o Felipe deveria pular na bola. O Corinthians é o único time em que as pessoas se dão o direito de falar como o Felipe deveria pular. A palma, a ironia vão ser julgadas porque ficou como um ato antidesportivo – afirmou.

    O gaúcho lembrou ainda que o Corinthians teve de conviver durante a semana passada com insinuações de que facilitaria o jogo para o Flamengo só para complicar a vida do rival São Paulo. No entanto, na visão dele, a equipe se empenhou ao máximo para vencer e que o lance com Felipe não modificaria nada na partida.

    – Estão esquecendo que já era 49 minutos do segundo tempo e não decidiu coisa nenhuma do jogo. É um exercício para tirar o foco das coisas que realmente deveriam ser analisadas para se voltar para um ou dois bodes expiatórios. Tem tanta gente que fala besteira e estão preocupados com coisinhas. E com nós? Falaram que entregaríamos o jogo. Ninguém vai proteger os profissionais? O jogo foi muito mais acidentado do que esperávamos. Isso tem muito a ver com a intenção de sermos sérios. O jogo comprova a intenção que o Corinthians teve. Mas, na próxima temporada, vamos dar férias três rodadas antes e todo mundo no futebol brasileiro fica feliz – ressaltou.”

    Fábio Sallum: Thiago, eu não postei o texto da Leonor Macedo na íntegra.

    Quem o fez foi o nosso amigo Guilherme Mendes, por iniciativa própria.

    Me limitei a citar um trecho que achei interessante – o que não quer dizer que concordo com o inteiro teor de seu manifesto.

    Gosto dos blogs que você citou, sobretudo da Larissa Beppler. Ela escreve muitíssimo bem e já teve alguns de seus textos aqui replicados.

    Se você observar bem, verá que minha crítica não se limitou ao lance do Felipe. O Corinthians jogou mal contra o Flamengo, apresentando o mesmo futebol das partidas anteriores.

    O excessivo nervosismo da equipe só demonstra que ainda teremos que nos preparar muito para aguentar a pressão e os duros embates da Libertadores.

    Abraços!

  14. Olá Fabio, enquanto isso nosso “CT” continua com banheiro químico e os atletas tendo que tomar banho de cuia…..
    Mudando de assunto um pouco, o Beto, que é um amigo que frequenta meu humilde blog (http://arenadotimao.wordpress.com)
    passou um e-mail para o GRUPO ADVENTO e os caras responderam que já está viabilizado o emprestimo para inicio das obras e só estão
    ESPERANDO A DIRETORIA…..que até agora não se manifestou….
    http://arenadotimao.wordpress.com/2009/12/01/o-grupo-advento-ja-deu-o-ok-entao-andres-vamos-sair-do-aluguel/
    Tá vendo como a coisa depende mais de vontade do que de qualquer outra coisa….
    SE QUISER DIVULGAR TAMBÉM….
    ABRAÇO….

    Fábio Sallum: Pois é, eu fiquei sabendo desse e-mail do Grupo Advento.

    Eu sempre afirmei aqui que faltava vontade para a construção do estádio corinthiano.

    Infelizmente, essa informação só veio a corroborar o que venho tratando aqui.

    Enquanto isso, o Rosenberg insiste na idéia de arrendar o Pacaembu. Vai entender.

    Abraços!

  15. Fábio, e por que exatamente contra o Flamengo, o Corinthians deveria achar um futebol que não apresentou durante todo o segundo semestre?

    E a colocação do Paulinho, que defendeu o Felipe com unhas e dentes durante a renovação de contrato no início de 2008? Lá ele era anjinho e ótimo caráter, pois batia de frente com a diretoria, agora é filho do demo.

    Quanto à carta Sra. (Srta.) Leonor, nada mais manjado, o velho chavão do “eu te amo, fiz tudo pelo nosso amor, mas essa doeu”. Se realmente acompanhasse o Corinthians, já teria tomado tal atitude em jogos pífios do Timão, como os contra Goiás, Náutico, Atlético-PR, Cruzeiro e principalmente contra o Fluminense no Rio, onde o corpo mole foi geral. Não entendi por que exatamente nesse jogo, que não apresentou novidade alguma sobre os demais.

    Todo essa palhaçada da mídia em cima desse jogo, só tem uma explicação: as belas amareladas de SPFC e Palmeiras. Sim o Corinthians teve uma atuação desastrosa neste Brasileiro, mas querer colocar a palavra “marmelada” para taparem suas incompetências, ai já é ser incompetente demais.

    Fábio Sallum: Eu só cobrei uma postura em campo do Corinthians em razão das declarações dadas pelos próprios jogadores do Timão na mídia, avisando que ía jogar pra valer contra o Flamengo.

    Eu venho falando durante todo o semestre a respeito da péssima campanha do Coringão. Em Campinas, o Timão apresentou o mesmo futebol das rodadas anteriores.

    São Paulo e Palmeiras deixaram o título escapar e tentaram desviar o foco de suas próprias responsabilidades.

    Abraços!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: