Publicado por: Blog do Trio | 05/11/2009

Imortal!

aurbar

Nação Tri-Mundial,

Nada mais justo que aplicar ao nosso Tricolor o apelido que a torcida do adversário de ontem dá a seu time: Imortal.

Mesmo com 3 jogadores a menos (expulsões justas), jogo até os 51 minutos (acréscimo justo), o nosso Tricolor segurou um heróico empate em Porto Alegre!

Com a ausência de Richarlyson, machucado, Ricardo Gomes optou por reforçar o sistema defensivo, voltando Jean para a ala direita e escalando Arouca no meio de campo.

Assim, o time foi a campo com Rogério Ceni, André Dias, Renato Silva e Miranda. Jean, Hernanes, Jorge Wagner, Arouca e Junior César. Dagoberto e Washington.

Tivemos um bom primeiro tempo, com um certo domínio da partida.

Entretanto, foram os Gaúchos que chegaram ao gol primeiro.

Em uma falha inaceitável da defesa, Rafael Marques, simplesmente sozinho, cabeceou para o gol, abrindo o placar.

Novamente, tal qual o ocorrido na partida contra o Santos, saímos atrás do marcador, e, pior, novamente tomando um gol bobo de cabeça.

Mesmo atrás, o São Paulo não se acovardou, continuou chegando muito bem, até empatar a partida, em um belo gol de Dagoberto.

Veio o segundo tempo, e pareceu que esquecemos o bom futebol no vestiário.

Ricardo Gomes tentou mudar o jogo, colocando Borges no lugar de Washington e Marlos no de Jorge Wagner.

Inútil, eis que aos 33 minutos Borges, já amarelado, agride o meia Túlio, levando com toda a justiça o segundo amarelo e o vermelho.

Lance bobo, no meio de campo.

Um a menos, o negócio era segurar o empate.

Pois Dagoberto resolve imitar seu companheiro de ataque, dando, um minuto depois, um carrinho criminoso e absolutamente desnecessário no mesmo Túlio. Lance para vermelho, de forma absolutamente justa.

Agora perguntamos: era um lance de perigo, próximo a área?

Não, novamente um lance no meio campo.

Bem, aí estava montado o cenário.

Faltando 15 minutos de jogo, Grêmio no estádio Olímpico, e o adversário com 2 a menos.

Não poderia ocorrer outro cenário que não um verdadeiro bombardeio da equipe gaúcha.

E aí o nosso Tricolor foi imortal! Os 9 guerreiros que sobraram em campo conseguiram, bravamente, segurar o ímpeto do adversário, garantindo o empate.

Para piorar ainda mais a situação, Jean também é expulso aos 47 minutos.

Apenas 8 jogadores em campo, e o jogo que ia até os 49 minutos foi alongado até os 51 (com justiça).

Mas seguramos o empate.

Trouxemos 1 ponto na bagagem.

Empate que vem com um sabor de vitória, apesar de poder fazer diferença na classificação final.

Ficamos agora na dependência do complemento da rodada, principalmente dos jogos entre Fluminense x Palmeiras e Atlético-MG x Flamengo, para sabermos nossa real situação no campeonato.

Agora, inadmissíveis são as reiteradas expulsões de jogadores do São Paulo. Com as 2 de ontem, chegamos a 13 no campeonato, dividindo com o Cruzeiro o ranking dos mais indisciplinados.

E, por fim, fica o saldo negativo para a partida contra o Vitória, no dia 14, no Morumbi.

Nada menos que 6 jogadores estão fora, ou por contusão (Richarlyson, Zé Luis e Rodrigo) ou suspensão (Dagoberto, Borges e Jean).

Enfim, mas como diria minha avó… Dos males o menor!

aureliocamargo.blogdotrio@gmail.com

http://twitter.com/aureliocamargo

 

 

Anúncios

Responses

  1. como sempre vivem querendo tomar os apelidos de outros times e que não cabem a vcs.que tal time da moda,esse sim lhes caem bem.

    Batista,
    Sugiro que vc lei melhor o post!
    Gde abraço,
    Aurélio Camargo


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: